Carregando...
Tóquio 2020

Luiz Francisco é o primeiro brasileiro classificado para estreia do skate nos Jogos Olímpicos

Vaga foi assegurada matematicamente a partir do anúncio da World Skate de que o Dew Tour terá mantida a pontuação de Pro Tour


Compartilhe
Luiz Francisco é o primeiro brasileiro classificado para estreia do skate nos Jogos Olímpicos
Julio Detefon/ CBSK

Integrante da Seleção Brasileira de Skate, Luiz Francisco é o primeiro skatista do Brasil classificado para a estreia da modalidade nos Jogos Olímpicos. A vaga foi assegurada matematicamente nesta terça-feira (11), a partir do anúncio da World Skate de que o Dew Tour (16 a 23 de maio, em Des Moines - Iowa - EUA) terá mantida a pontuação de Pro Tour. Por conta do cancelamento do Mundial de Park de 2021, o evento da próxima semana será o último classificatório para o Park.

“A notícia que chegou hoje me deixou muito feliz. Foram três anos na correria, competindo, viajando. Realmente não foi fácil chegar até aqui. Tenho só a agradecer à Confederação, a CBSk, por ter me apoiado desde o início, à minha família, ao Leonardo Romeu, que é meu fisio, ao Leandro, que são pessoas que acreditaram em mim todos os dias. Não só cobrando e sim impulsionando a não desistir. Desde o início era uma coisa que eu queria. Querendo ou não, Olimpíada é o maior evento que temos de esporte no mundo. Então, fazer parte da primeira Seleção Brasileira de Skate, da primeira Olimpíada com skate, é um marco histórico. E conseguir ter assinado o meu nome nele é muito gratificante. Estou muito feliz. Não tenho palavras para descrever. Está difícil até raciocinar ainda. Mas é isso. Até lá agora é uma longa estrada e vamos buscar isso aí pra gente”, comemora Luiz Francisco.

+ TÓQUIO 2020: Confira as 221 vagas confirmadas do Time Brasil nos jogos

Natural de Lorena (SP), o skatista de 20 anos ocupa a segunda colocação do ranking mundial. Ao longo das classificatórias olímpicas, Luiz Francisco foi vice-campeão do Aberto Internacional de Nanjing (CHI / evento 5 estrelas), em julho de 2019, e, em setembro daquele mesmo ano, o brasileiro ficou com a prata no Mundial realizado em São Paulo.

Luiz Francisco está com a delegação brasileira na Califórnia (EUA) participando de período preparatório para a disputa do Dew Tour.

“Temos buscado criar as melhores oportunidades para os skatistas brasileiros. A conquista da vaga pelo Luizinho representa que o primeiro desses nossos 12 objetivos foi alcançado. É algo que nos emociona e enche de orgulho, tanto pelo Luizinho e pela família dele quanto pelo trabalho que temos realizado”, destaca Eduardo Musa, presidente da Confederação Brasileira de Skate (CBSk).

“Vejo nesses dois anos juntos o quanto o Luizinho se entrega ao projeto e vem se preparando de forma excepcional. Ele leva a sério tudo que a gente passa, tanto na parte física quanto na técnica. Ele é muito determinado. Um competidor nato. Quando entra no game, entra para vencer e superar qualquer obstáculo. Ele teve algumas lesões e conseguiu driblar essas dificuldades. Ter essa superação e conseguir se manter no topo é um mérito do Luizinho, que merece tudo que está acontecendo. Acredito que o suporte que ele tem, junto com o trabalho da CBSk, só fortaleceu. É uma conquista para ele e para nós ele ser o primeiro classificado. Essa notícia me deixa muito feliz pelo Luizinho”, completa Edgard Pereira Vovô, consultor técnico da Seleção Brasileira de Park.

O skate brasileiro poderá contar com até 12 representantes nos Jogos de Tóquio, três por modalidade (Park e Street) e gênero (feminino e masculino).

Preparação na Califórnia (EUA)

Através de projeto viabilizado em parceria com o Comitê Olímpico do Brasil (COB), a Confederação Brasileira de Skate (CBSk) promove, na Califórnia (EUA), a primeira excursão preparatória internacional da história da Seleção Brasileira de Skate. Ao longo de todo o período, os treinos estão tendo como base algumas das melhores pistas da região. Comissão Técnica e atletas estão seguindo um protocolo rígido de prevenção à Covid-19, incluindo ciclos de testagem ao longo de toda a viagem.

Após o Dew Tour, parte da delegação segue para o Mundial de Street, em Roma (ITA), de 31 de maio a 6 de junho.

Olimpíadas

A estreia do skate nas Olimpíadas será no dia 25 de julho (domingo no Japão), com o Street masculino, às 9h (horário do Japão) - sábado, 24/07, às 21h no Brasil. No dia seguinte (26/07 – segunda), no mesmo horário, será a vez do Street feminino - domingo, 27/07, às 21h no Brasil.

O Park fecha a participação do skate nos Jogos Olímpicos nos dias 4 (quarta no Japão / feminino - terça, 03/07, Brasil) e 5 de agosto (quinta / masculino - quarta, 04/07, no Brasil), também com início às 9h (horário japonês / 21h do dia anterior no Brasil).

Todas as disputas acontecerão no Ariake Urban Sports Park.

Seleção Brasileira de Skate

Confira todos os nomes que integram a Seleção Brasileira de Skate:

Park feminino - Dora Varella, Isadora Pacheco, Yndiara Asp, Victoria Bassi e Leticia Gonçalves;

Park masculino - Luiz Francisco, Pedro Barros, Pedro Quintas, Mateus Hiroshi, Murilo Peres e Héricles Fagundes;

Street feminino - Pâmela Rosa, Rayssa Leal, Leticia Bufoni, Gabriela Mazetto, Virginia Fortes Aguas e Isabelly Ávila;

Street masculino - Kelvin Hoefler, Giovanni Vianna, Carlos Ribeiro, Felipe Gustavo e Lucas Rabelo.

Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais