Carregando...
Time Brasil

Ginástica Artística Masculina inicia estágio de treinamento no CT Time Brasil

A atividade vai municiar comissão técnica com indicadores e dados científicos sobre os atletas


Compartilhe
Ginástica Artística Masculina inicia estágio de treinamento no CT Time Brasil
Alexandre Loureiro/COB

Após a passagem de dois meses pela Missão Europa e o retorno das atividades no Centro de Treinamento Time Brasil, a seleção masculina de Ginástica Artística iniciou, neste domingo (29) o Estágio de Treinamento Ginástica Artística Masculina (GAM), no CT Time Brasil, localizado no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. A atividade vai até o próximo dia 2 e vai ajudar a Comissão Técnica da Confederação Brasileira de Ginástica a planejar o trabalho da melhor maneira possível. 

+ VÍDEO: Veja o retorno da Ginástica Artística Feminina ao CT Time Brasil

“Esta etapa é muito importante para avaliar os atletas, estabelecer metas e planejar os próximos passos. O grupo está bem. Cada um respeitou muito bem os seus limites. O retorno aos treinos foi gradativo e seguro. Todo o grupo está motivado e buscando a melhor preparação para as competições previstas para 2021”, diz Marcos Goto, Coordenador da Seleção de Ginástica Artística Masculina.

Juliana Fajardo, Gestora Esportiva do Comitê Olímpico do Brasil (COB) com atuação junto à Ginástica, salienta a importância dessa ação realizada no Rio. “Este é o primeiro estágio de treinamento no Centro de Treinamento após o período de isolamento. Buscamos mapear os principais atletas da seleção e, junto aos treinadores, estabelecer o planejamento para o próximo ano”.

O COB e a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) elaboraram um protocolo rígido para garantir a segurança de todos os participantes. Por esse motivo, a atividade teve um número de ginastas e treinadores determinado.

Segundo Goto, este é o momento de abastecer a comissão técnica de indicadores e dados que vão nortear o planejamento para 2021. “Neste estágio a prioridade é a avaliação da condição física dos atletas, por meio de testes biomecânicos, funcionais e uma vasta avaliação com a equipe multidisciplinar, o que inclui testes no Laboratório Olímpico. Esse mapeamento fará diferença para identificarmos pontos prioritários de melhoras, traçar as estratégias e objetivos individuais”.


Fonte: CBG


Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais