Carregando...
COB

Com participação histórica de atletas e três candidatos na disputa, COB define presidente para quadriênio 2021-2024 nesta quarta-feira

Pela primeira vez em mais de 100 anos, 12 atletas terão direito a voto na eleição da entidade


Compartilhe
Com participação histórica de atletas e três candidatos na disputa, COB define presidente para quadriênio 2021-2024 nesta quarta-feira

* Atualização às 18h00 do dia 06/10/2020: Felipe Sarmento Cordeiro retira sua candidatura a Membro Independente do Conselho de Ética do COB.

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) realiza nesta quarta-feira, dia 7, a mais democrática eleição de sua centenária história. Concorrem ao cargo de presidente da entidade para o quadriênio 2021-2024 os seguintes candidatos: Helio Meirelles, Paulo Wanderley e Rafael Westrupp. Além da inédita inscrição de três chapas, o pleito deste ano ficará marcado pela expressiva participação da Comissão de Atletas do COB, que terá direito a 12 votos. A representatividade dos atletas só aumenta dentro do COB e, a partir do próximo ciclo, 19 deles terão poder decisório de voto (até 2017, somente um atleta tinha esse direito). A Assembleia Geral que define o presidente que comandará a entidade nos próximos dois Jogos Olímpicos, Tóquio 2020 e Paris 2024, terá início às 10hs (horário de Brasília) e será realizada no Hotel Grand Hyatt, no Rio de Janeiro.  

As três chapas inscritas na eleição presidencial do COB são formadas por Helio Meirelles e Robson Caetano (Vem Ser); Paulo Wanderley e Marco La Porta (Força é União); e Rafael Westrupp e Emanuel Rego (COB + Forte). Isso demonstra o caminho democrático adotado pelo COB desde 2017, quando mudanças em seu estatuto facilitaram a formalização de candidaturas. 

A efetiva participação dos atletas nas principais decisões do COB sempre foi um anseio da categoria. Após recentes mudanças no estatuto, grandes nomes do esporte ajudarão a definir os rumos da entidade nos próximos quatro anos. Os 12 integrantes da Comissão de Atletas que votarão nesta eleição são Arthur Zanetti (ginástica artística), Brunno Mendonça (hóquei sobre grama), Emerson Duarte (tiro esportivo), Fabiana Murer (atletismo), Fabiano Peçanha (atletismo), Hugo Hoyama (tênis de mesa), Iziane Marques (basquete), Marcelinho Machado (basquete), Poliana Okimoto (maratonas aquáticas), Thiago Pereira (natação), Tiago Camilo (judô) e Yane Marques (pentatlo moderno). O colégio eleitoral do COB é composto ainda por 35 representantes das Confederações Brasileiras Olímpicas, e dois membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) no Brasil (Bernard Rajzman e Andrew Parsons), totalizando 49 votantes.  

Como será a eleição

A eleição desta quarta-feira se dará através de voto secreto, e o vencedor será o candidato que somar 50% + 1 dos votos, isto é, no mínimo 25. Caso isso não ocorra na primeira rodada, haverá um novo turno de votação com os dois candidatos que mais votos receberam. 

A Assembleia Geral do COB elegerá ainda oito novos membros do Conselho de Administração (sete representantes de confederações e um membro independente). Dezoito candidatos estão na disputa (veja a lista completa no final do texto). O Conselho de Administração é o colegiado responsável pela definição da estratégia e pelas boas práticas de governança dentro do COB. 

Por fim, está prevista também a escolha do novo membro independente do Conselho de Ética. Na tarde desta terça-feira, dia 6 de outubro, Felipe Sarmento Cordeiro retirou sua candidatura a Membro Independente do Conselho de Ética do COB.

ELEIÇÃO PRESIDENTE E VICE:  

Helio Meirelles / Robson Caetano - Vem Ser
Paulo Wanderley / Marco La Porta - Força É União
Rafael Westrupp / Emanuel Rego - COB + Forte

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO  

CANDIDATOS – CONFEDERAÇÕES (7 VAGAS):  

Adalvo Argolo (Surf)
Alberto Cavalcanti Maciel Junior (Taekwondo)
Enrique Montero Dias (Levantamento de Pesos)
Ernesto Teixeira Pitanga (Triathlon)
João Tomasini Schwertner (Canoagem)
Jose Luiz Vasconcellos (Ciclismo)
Karl Anders Ivar Pettersson (Desportos na Neve)
Luiz Fernando Coelho de Oliveira (Desportos Aquáticos)
Matheus Figueiredo (Desportos no Gelo)
Raphael Nishimura (Escalada Esportiva)
Silvio Acácio Borges (Judô)

MEMBRO INDEPENDENTE (1 VAGA)

Adriana Sanches dos Santos
Georgios Stylianos Hatzidakis
Marcus Vinicius Simões de Freire
Maria Pia Buchheim
Ricardo Leyser Gonçalves
Rodney Rocha Miranda
Willian Miotto Nadir


CONSELHO DE ÉTICA - MEMBRO INDEPENDENTE (1 VAGA)

Humberto Aparecido Panzetti

Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais