Carregando...

Conselho de Ética

Compartilhe

Definição

Conselho de Ética é o órgão dotado de autonomia encarregado de definir os parâmetros éticos esperados pelo COB e seus agentes, com base nos valores e princípios consagrados na Carta Olímpica e no Código de Ética do COI, da administração pública e de gestão democrática, além de ser responsável por investigar e julgar denúncias levantadas em relação ao não respeito de tais princípios éticos, incluindo violações do Código de Conduta Ética e, se necessário, sancionar ou propor sanções aos poderes competentes.

É composto por 5 membros eleitos pela Assembleia


Regimento Interno do Conselho de Ética

 Visualize o regimento


Decisões de Processos Éticos

 Acesse os documentos


Atas de Reuniões e Comunicados do Conselho de Ética

 Acesse os documentos

Membros do Conselho de Ética

Sami Arap

Presidente

Caputo Bastos

Ney Bello

Bernadino Santi

Humberto Panzetti

Principais Competências

Aprovar o código de conduta ética

Investigar e julgar denúncias relativas ao código de conduta ética
Aplicar ou propor sanções aos poderes competentes
analisar critérios de qualificação e integridade dos candidatos e principais cargos executivos
Verificar a conformidade interna e analisar questões de conflito de interesses

Aprovar o candidato indicado ao cargo de compliance officer

Estrutura do Conselho de Ética

Ao Conselho de Ética se vinculam 02 (dois) Comitês: Integridade e Conformidade, composto por 03 (três) membros cada, presididos por um integrante do Conselho de Ética.

Membros do Comitê de Integridade

Bernardino Santi

Presidente

Carlos Reis Michaelis

Hermano Villemor Amaral Neto

Membros do Comitê de Conformidade

Humberto Panzetti

Presidente

José Fernandez Vidal

Bruno Semino

Competências do Comitê de Integridade

Responsável pela checagem de integridade dos candidatos às funções eletivas do COB, bem como dos demais membros dos poderes e dos principais executivos, além de outros quando demandado.

Competências do Comitê de Conformidade

Responsável pela verificação contínua da conformidade dos processos internos e do resguardo da entidade perante eventuais conflitos de interesses.

* * * * *