Carregando...
Time Brasil

A um ano de Pequim 2022, Time Brasil mira evolução nos esportes de inverno

Atletas já estão se preparando para conquistar vagas nos Jogos Olímpicos de Inverno, em ação conjunta de COB, CBDN e CBDG

A um ano de Pequim 2022, Time Brasil mira evolução nos esportes de inverno

A contagem regressiva começou. Daqui a exatamente um ano, o Time Brasil estará na China iniciando sua participação nos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022. O evento promete ser histórico, pois pela primeira vez uma cidade que já abrigou a edição de verão (2008) sediará também os Jogos de Inverno, entre os dias 4 e 20 de fevereiro.

Após levar dez atletas a PyeongChang 2018, quando teve a terceira maior delegação das Américas – atrás somente de EUA e Canadá –, o Brasil espera dar sequência ao seu processo de evolução nos esportes de inverno em 2022. 

“O COB valoriza a participação brasileira nos Jogos Olímpicos de Inverno e a delegação brasileira mostra uma evolução constante a cada edição do evento. Estamos trabalhando em conjunto com as Confederações Brasileiras de Desportos no Gelo e na Neve para dar suporte a mais uma boa performance dos atletas brasileiros em Pequim, daqui a exatamente um ano”, disse o presidente do COB, Paulo Wanderley.

Os Jogos de Pequim terão 109 provas, de 15 modalidades, divididos em esportes de gelo e de neve. Este ano os atletas brasileiros vão em busca da vaga olímpica, a partir do planejamento elaborado pela Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) e pela Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG), em conjunto com o COB.

A CBDN já iniciou sua preparação para os Jogos há muito tempo. Elaboramos um planejamento com os nossos atletas voltado à alta performance. Organizamos uma série de treinamentos, e a temporada de competições na neve começou no final de 2020. Já o nosso circuito de roller ski, em São Carlos (SP), respeitou as restrições impostas pela pandemia e pretendemos repeti-lo este ano”, explicou o presidente da CBDN, Anders Pettersson.

“Os Jogos Olímpicos são um evento único na carreira de um atleta. Diante dos desafios que o atual momento nos impõe, a CBDG está com foco total na preparação dos atletas, de forma que o Brasil possa estar representado pelo maior número de modalidades e também possa atingir os melhores resultados da história. Será um ano de muito trabalho pela frente”, afirmou o presidente da CBDG, Matheus Figueiredo, que apontou ainda as chances de classificação do Time Brasil nos esportes no gelo: “bobsled (masculino e feminino), skeleton, patinação artística, patinação velocidade e curling”.

O Brasil fez sua estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno em Albertville 1992, quando foi representado por sete atletas, todos do esqui alpino. Pequim 2022 será a nona participação brasileira no evento.

Para celebrar a marca de um ano para os Jogos, o Comitê Olímpico Internacional (COI) está preparando uma série de ações digitais. O presidente do COI, Thomas Bach, enviará uma mensagem oficial convidando os atletas a participarem de Pequim 2022, que será exibida no Olympic Channel; no Instagram do COI (@Olympics), os principais atletas do mundo exibirão suas rotinas diariamente, até o dia 20 de fevereiro; e ainda haverá o lançamento da campanha #StrongerTogether (Mais fortes juntos).

Outras notícias + Lista completa