Carregando...
Time Brasil

Laís Nunes vence duas e vai lutar por medalha no Kolov e Petrov 2021

Kamila Barbosa, categoria até 50kg, e Giullia Penalber, até 57kg, estreiam neste sábado, às 4h


Compartilhe
Laís Nunes vence duas e vai lutar por medalha no Kolov e Petrov 2021
Washington Alves/ COB

O wrestling brasileiro estreou com duas vitórias no Torneio Internacional Dan Kolov – Nikola Petrov, em Plovdiv, Bulgária. A lutadora  Laís Nunes, categoria até 62kg, venceu suas duas primeiras lutas na competição e retorna neste sábado (10/4), às 11h, horário de Brasília, para as finais de sua categoria. A atleta olímpica dos Jogos Rio 2016 e já classificada para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 fica com a medalha de ouro se vencer as duas lutas que lhe restam. O wrestling brasileiro ainda vai contar com as estreia de Kamila Barbosa até 50kg e Giullia Penalber até 57kg, também neste sábado, às 4h.

Confira como foram as lutas de Laís.

Laís estreou na categoria até 62kg, disputada no sistema todas contra todas, contra a promessa da Letônia, Alina Antipova. A brasileira atacou desde o primeiro segundo, passou para as costas e emendou um roulé pra fazer 4 a 0. Alina tentava em vão se defender e não conseguiu impedir que Laís a retirasse da área delimitada duas vezes, passasse para as costas mais uma vezes e por fim com outro roulé. Ao atingir o placar de 10 a 0, a brasileira avançou para a terceira rodada por superioridade técnica, ainda no primeiro round.

No segundo combate, Laís enfrentou a venezuelana Nathaly Herrera. Depois de um minuto de estudos e sem pontuação, Herrera conseguiu retirar a brasileira do tapete e abrir 1 a 0. Antes do fim do primeiro round, a vezenuelana conseguiu passar para as costas da brasileira e fechou o período com 3 a 0 no placar. No segundo round, Laís voltou com tudo. A goiana radicada em São José dos Campos retirou a oponente do tapete e em seguida conseguiu uma queda de 4 pontos, para virar o placar. O treinador venezuelano lançou o desafio, que não foi aceito pela arbitragem e Laís somou mais um ponto: 6 a 3. Herrera conseguiu passar para as costas da brasileira mais um vez, mas Laís se defendeu e segurou a vitória por 6 a 5.


Fonte: CBW

Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais