Carregando...
Time Brasil

Felipe Vinícius dos Santos ganha o ouro e alcança índice olímpico no decatlo

O paulistano venceu a prova no Troféu Brasil de Atletismo superando a marca mínima exigida para Tóquio


Compartilhe
Felipe Vinícius dos Santos ganha o ouro e alcança índice olímpico no decatlo
Wagner Carmo/CBAt
O paulistano Felipe Vinícius dos Santos (AABLU) foi o grande destaque da sexta etapa do Troféu Brasil Caixa de Atletismo 2020, disputada na tarde deste sábado (12/12), no estádio do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo. Ele venceu o decatlo, conjunto de 10 provas, com 8.364 pontos, superando o índice de 8.350 pontos e garantindo qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2021. 

Recordista sul-americano sub-20, com 7.762 pontos, Felipe conseguiu dois recordes pessoais no Troféu Brasil: 7,64 m (-1.4) no salto em distância e 2,07 m no salto em altura. “Estou muito emocionado com o resultado, que compensa todos os sacrifícios feitos nos últimos anos. Passei por duas cirurgias e perdi praticamente duas temporadas em recuperação”, lembrou. “Fiquei um pouco desacreditado, mas agora dei a volta por cima e tenho de agradecer a muita gente que sempre me apoiou.”


Felipe disse que começou no atletismo no Centro Olímpico, um tradicional formador de talentos, e que ficou feliz por ter obtido o índice nas instalações onde treinou. O recorde pessoal anterior do atleta de 26 anos era de 8.019 pontos, alcançados há 5 anos, antes dos problemas de lesão.

O índice olímpico alcançado dará mais tranquilidade em sua preparação para os Jogos. Poderá descansar um tempo e voltar com os treinos sem sobressaltos. Felipe treina com Edemar Alves no CNDA, da Confederação Brasileira de Atletismo, em Bragança Paulista (SP). “Como sempre digo, o primeiro dia do decatlo é apenas aquecimento. As coisas são decididas no segundo dia e graças a Deus tudo deu certo”, comentou o atleta, bastante emocionado, que ficou a apenas 29 pontos do recorde sul-americano, obtido por Carlos Chinin, em 2013, no Troféu Brasil, também em São Paulo. “Tenho certeza que posso evoluir.”

O treinador Edemar Alves acompanhou os dramas de Felipe e até ajudou com seus contatos na área médica para deixar o atleta novamente em condições. “Nosso planos continuam firmes, agora com mais tranquilidade. Ele tem tudo para ser Top 5 em Tóquio”, comentou o técnico, que orienta Raiane Vasconcelos Procópio (AABLU), campeã do heptatlo.

José Fernando Ferreira Santana, o Baloteli, campeão do ano passado ficou com o segundo lugar. O atleta do Projeto Atletismo Campeão somou 7.753 pontos. Jordan Santos de Souza (Orcampi) terminou em terceiro, com 7.545.

Já Tatiane Raquel da Silva (IPEC) conquistou a segunda medalha de ouro no Troféu Brasil 2020. Depois de vencer os 3.000 m com obstáculos, ela ganhou os 1.500 m, com 4:22.83. Jenifer do Nascimento (Pinheiros), vice-campeã dos 10.000 m, ficou com a prata, com 4:24.81, seguida de Antonia Keyla da Silva Barros (AMORMED-PI), com 4:27.60.

No salto com vara, Abel Curtinove (AABLU) conquistou o seu primeiro título do torneio, com 5,30 m. Augusto Dutra (Pinheiros), campeão de 2019, ficou com a prata (5,20 m), seguido de Lucca Leonardo Radhuany Torres (IEMA), com 4,95 m.

Após a sexta e penúltima etapa da competição, Pinheiros, atual tetracampeão do Troféu Brasil, lidera a classificação geral, com 343,5 pontos, seguido da AABLU, com 156, e da Orcampi, com 135 pontos. A competição termina na manhã deste domingo (13/12), a partir das 9 horas, com as últimas 13 finais.

Medalha Olímpica será entregue neste domingo

Após as provas do Troféu Brasil Caixa, o ex-velocista Claudio Roberto Sousa finalmente receberá a tão sonhada medalha de prata olímpica, do revezamento 4x100 m, conquistada nos Jogos de Sydney-2000. A cerimônia terá a presença do quarteto que disputou a final da prova na ocasião – Vicente Lenílson, Edson Luciano Ribeiro, André Domingos e Claudinei Quirino – e de Bernard Rajzman, membro do COI, responsável pela premiação.

As provas podem ser acompanhadas pelos fãs do atletismo pela internet, na plataforma streaming do Canal Atletismo da TVNSports e pela TV a cabo BandSports, que vai transmitir os Jogos Olímpicos de Tóquio, transmite parte da etapa deste domingo – entre 10 e 12 horas.



Fonte: CBat

Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais