Carregando...
Time Brasil

Com a presença dos integrantes do revezamento 4x100m, Cláudio Roberto receberá medalha de prata olímpica neste domingo

Cerimônia de premiação será realizada durante o Troféu Brasil de atletismo, em São Paulo

Com a presença dos integrantes do revezamento 4x100m, Cláudio Roberto receberá medalha de prata olímpica neste domingo
Evandro Teixeira/COB

A espera está chegando ao fim. Neste domingo, dia 13, Cláudio Roberto Sousa finalmente receberá a tão sonhada medalha de prata olímpica, do revezamento 4x100m, conquistada nos Jogos de Sydney 2000, em cerimônia marcada para o Troféu Brasil de atletismo, no Centro Olímpico, em São Paulo. O evento terá a presença do quarteto que disputou a final da prova na ocasião – Vicente Lenílson, Edson Luciano, André Domingos e Claudinei Quirino – e de Bernard Rajzman, membro do COI, que ficará encarregado da premiação.

“Eu e minha família estamos muito felizes. É uma alegria que vem desde o momento em que tive a confirmação de que receberia a medalha. Num determinado momento da minha vida, parei de correr atrás disso. Mas, de repente, as coisas voltaram a acontecer, o assunto chegou à imprensa e a vontade de ter a medalha ficou forte novamente”, disse Cláudio Roberto, 46 anos, que atualmente compõe o projeto Heróis do Atletismo, da CBAt, e busca formar novos talentos para o esporte no projeto da Fundação Nossa Senhora da Paz, em Teresina (PI), sua cidade-natal.

Em Sydney 2000, o velocista piauiense disputou as eliminatórias do 4x100m, no lugar de Claudinei Quirino, mas não foi premiado pelo Comitê Organizador ao término do evento, como previsto. No ano passado, após o vice-presidente do COB, Marco La Porta, se encontrar com Cláudio na capital piauiense, a entidade decidiu fazer nova consulta ao COI em relação ao assunto. E, após análise de provas e documentos, o órgão que rege o Movimento Olímpico acatou o pedido e concordou em enviar uma medalha ao atleta brasileiro.

+ CANAL OLÍMPICO: streaming do Movimento Olímpico será lançado neste sábado

Com a prata olímpica no peito, Cláudio Roberto completará sua coleção de medalhas nas principais competições internacionais: em 2003, o velocista foi prata no Mundial de Paris e ouro nos Jogos Pan-americanos de Santo Domingo.

“O Cláudio foi um excelente atleta que sofreu com algumas lesões que atrapalharam a sua carreira, mas que sempre esteve nas grandes competições. É uma pessoa muito simples, do bem e querido por todos. Essa decisão faz justiça e traz uma felicidade a todo mundo que conhece o grande atleta que foi Cláudio Roberto Sousa”, finalizou o diretor de Esportes do COB, Jorge Bichara.

A cerimônia de entrega da medalha terá transmissão ao vivo pelo Canal Olímpico do Brasil, parceria entre o COB e a TV NSports, e poderá ser acompanhada pelo site www.canalolimpicodobrasil.com.br.

Outras notícias + Lista completa