Carregando...
COB

Comitê Olímpico do Brasil apresenta planejamento estratégico do ciclo 2021-2024

Entidade trabalha com quatro pilares: Resultado Esportivo; Gestão e Governança no Esporte; Imagem do Movimento Olímpico; e Cultura e Educação no Esporte


Compartilhe
Comitê Olímpico do Brasil apresenta planejamento estratégico do ciclo 2021-2024

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) apresentou nesta terça-feira, dia 16, o seu novo Planejamento Estratégico para o ciclo 2021-2024. Elaborado pela Diretoria do COB, com a participação do Comitê de Assessoramento do Planejamento Estratégico, este documento é fundamental para dar prosseguimento ao trabalho que vem sendo desenvolvido pela entidade. Criado para nortear as ações da organização, o plano define objetivos, indicadores e metas para que o COB seja bem sucedido na sua Missão de “desenvolver, promover e proteger o Movimento Olímpico do Brasil e garantir excelência em suas representações internacionais”.

“Desde outubro de 2017, quando iniciamos nossa gestão, criamos, executamos e implementamos muitos projetos, sempre baseados em três pilares: transparência, austeridade e meritocracia. A partir de agora, acrescentaremos outros dois: excelência e competência. É dessa forma que pretendemos desenvolver, promover e proteger o Movimento Olímpico”, disse o presidente do COB, Paulo Wanderley Teixeira.

O Planejamento Estratégico foi elaborado com a colaboração de representantes dos atletas, membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) e Confederações. O Comitê de Assessoramento foi formado por integrantes com experiência em gestão esportiva e/ou passagem pelo Curso Avançado de Gestão Esportiva (CAGE), oferecido pelo COB através do Instituto Olímpico Brasileiro. São eles: Bernard Rajzman, membro do COI; Marco Aurélio de Sá Ribeiro, presidente da Confederação Brasileira de Vela (professor da ESPM e da PUC-Rio); Marco Antônio La Porta Jr, vice-presidente do COB (aluno do CAGE em 2011 e 2016); Matheus Figueiredo, presidente da Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (aluno e professor do CAGE de 2013-2019); e Yane Marques, vice-presidente da Comissão de Atletas do COB (aluna do CAGE em 2019 e do Curso de Transição de Carreira em 2017).