Carregando...
Time Brasil

Seleção feminina de tênis de mesa finaliza temporada na Missão Europa

Bruna Takahashi, Caroline Kumahara e Jessica Yamada disputarão as ligas por seus clubes no continente


Compartilhe
Seleção feminina de tênis de mesa finaliza temporada na Missão Europa
Daniel Varsano/COB

Após mais de um mês em Portugal, o tênis de mesa se despediu da Missão Europa. As meninas da Seleção Brasileira retomaram os treinos em Vila Nova de Gaia após cinco meses em isolamento social por causa da pandemia do novo coronavírus. Agora, o desafio é manter o ritmo e atuar em campeonatos.

O técnico Hugo Hoyama acredita que as atletas darão continuidade ao trabalho relizado no projeto do Comitê Olímpico do Brasil (COB) em parceria com a Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM). Bruna Takahashi, Carol Kumahara e Jessica Yamada retornarm a seus clubes europeus e disputarão as ligas em Portugal, Espanha e Suécia, respectivamente.

+ Galeria de fotos do tênis de mesa na Missão Europa

“Esses dias farão muita diferença para que elas atinjam seus objetivos. Espero que tenham grandes resultados e conquistem grandes vitórias nos seus clubes. Todas estão muito focadas, pensando na Olimpíada. Foi um passo enorme para chegarmos em Tóquio no melhor ponto possível”, diz Hoyama, que ressaltou a importância do trabalho de fisioterapia realizado por Flávia Rocco durante o período. 

O técnico, que deu entrevista ao canal do Youtube da CBTM antes de retornar ao Brasil, a definição de um planejamento depende de questões externas: “O planejamento vai depender muito da abertura dos países e da volta das competições. A gente espera poder voltar para Portugal até o início do ano que vem. Em fevereiro, temos o Mundial por Equipes. Este foi o primeiro grande passo na preparação”.

Por fim, Hugo Hoyama fez questão de agradecer às duas entidades e aos profissionais que ajudaram em Portugal: 

“Quero agradecer a CBTM e ao COB. Essa Missão Europa nos ajudou bastante. Foram dias muito produtivos. As meninas cansaram, é normal, estavam há meses sem o ritmo de treinamento normal. O que ajudou muito foi a boa recepção dos técnicos portugueses. O ritmo de treinamento e os parceiros foram muito bons”.


Fonte: CBTM

Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais