Carregando...
Time Brasil

Seleção de rubgy masculina faz jogo equilibrado mas perde para Uruguai na estreia da SLAR

Os brasileiros foram superados por 19 a 10 na rodada inicial da III Superliga Americana de Rugby; os Cobras enfrentarão na próxima rodada os chilenos do Selknam, no sábado, dia 19

Seleção de rubgy masculina faz jogo equilibrado mas perde para Uruguai na estreia da SLAR
Foto: Gaspafotos / SLAR 2022 / Sudamerica Rugby

Em confronto acirrado, a seleção brasileira masculina de rugby seven, conhecida como Cobras, foi superada pelo Peñarol (Uruguai) por 19 a 10 na rodada inicial da III Superliga Americana de Rugby (SLAR), mais uma vez transmitido com exclusividade pelos canais ESPN e pela plataforma de streaming STAR+.

A partida realizada neste domingo, dia 13, no estádio Elias Figueroa, em Valparaíso, no Chile. Os Cobras enfrentarão na próxima rodada os chilenos do Selknam, no sábado, dia 19. 

"Fiquei satisfeito com o desempenho de nossa equipe que está em transição com uma nova geração e os jogadores estreantes neste torneio Robson Morais (Varejão), Joel dos Santos e Victor Silva (Feijão). Os pontos altos da equipe hoje foram a defesa e o empenho físico. Caçamos a bola com muita força ao longo da partida, pressionando o ataque do adversário que é a base da seleção uruguaia já classificada para a Copa do Mundo. Os erros que cometemos eram esperados, pelo cenário de dificuldade na pandemia e a falta de amistosos, mas estou confiante na capacidade de entrega e superação deste grupo em formação", avaliou Fernando Portugal, head coach dos Cobras Brasil XV e da Confederação Brasileira de Rugby.

Um erro de passe do Peñarol logo no primeiro minuto foi aproveitado pelo full back do time brasileiro Daniel Sancery, que arrancou para um try complementado por conversão do abertura Lucas Tranquez. 

Os uruguaios reagiram aos 4 minutos com penal convertido por Federico Favaro e pouco mais adiante com try de Mateo Viñals. Novo penal convertido por Favaro e try de Juan Etcheverría permitiram que os vice-campeões da edição anterior do torneio fossem para o intervalo com nove pontos na dianteira.

No segundo tempo, o equilíbrio no meio de campo foi tamanho que o placar somente foi alterado 28 minutos depois, quando Tranquez assinalou mais um penal.

Cobras e Penãrol empataram no número (três) de entrada na zona ofensiva dos 22 metros, porém, no cômputo geral, o time brasileiro cometeu pouco mais erros de lateral, scrum e “handling” (manejo da bola). 

Isto pendeu a favor do adversário que marcou novamente com Favaro em cobrança de penal aos 71 minutos. A peleja pela posse de bola seguiu equilibrada nos minutos restantes, sem que os times mexessem no placar.


Fonte: CBRu
Outras notícias + Lista completa