Carregando...
Pequim 2022

Seleção brasileira de curling conhece adversários no classificatório para o Pré-olímpico

Campeonato será disputado de 5 a 15 de outubro, em Erzurum, na Turquia, e Brasil estará representado nas equipes masculina e feminina e nas duplas mistas

Seleção brasileira de curling conhece adversários no classificatório para o Pré-olímpico

O Brasil já sabe quando serão seus jogos e quais serão os adversários no Campeonato Classificatório para o Pré-Olímpico de curling. A competição será disputado de 05 a 15 de outubro, em Erzurum, na Turquia, e terá as participações das seleções brasileiras masculina e feminina e da dupla mista.

No masculino, a equipe brasileira estará no Grupo A, que tem cinco times, e será formada por Michael Krähenbühl (skip), Scott McMullan (third), Sergio Mitsuo Vilela (second) e Claudio Alves (lead). O técnico é Heinz Krähenbühl. Além de Brasil, compõe o grupo: Taiwan, Cazaquistão, Quirquistão e os donos-da-casa, a Turquia. Os grupos B e C têm seis times.

As duas primeiras equipes de cada grupo se classificam para os play-offs. Será então feito um grupo mesclado definindo as posições de 1 a 6. Os dois melhores ranqueados garantem o bye. A terceira melhor colocada irá enfrentar a sexta e a quarta enfrentará a quinta. Os vencedores desses confrontos, então, enfrentarão os times que estavam aguardando (ranking 1 enfrenta o vencedor de 4º x 5º e ranking 2, enfrenta o vencedor de 3º x 6º). Os dois vencedores garantem vaga no Pré-Olímpico.

Jogos:
10/10 (domingo) – Brasil x Taiwan
11/10 (segunda) – Brasil x Cazaquistão
13/10 (quarta) – Brasil x Quirguistão
14/10 (quinta) – Brasil x Turquia

Já no feminino, o Brasil está no Grupo B e é formado por Anne Akemi Ferreira Shibuya (skip), Luciana Barrella (third), Debora Monteiro (second), Leticia Cid (lead). A treinadora é Bárbara Zbeetnoff. São 10 equipes divididas em dois grupos. Os dois melhores times de cada um avançam para os play-offs. Os vencedores de cada chave se enfrentam e o ganhador se classifica para o Pré-Olímpico. Os segundos de cada grupo se enfrentam, também. O perdedor é eliminado e o vencedor enfrenta a equipe que perdeu o duelo de “primeiros”. Quem ganhar, garante vaga no Pré-Olímpico.

Jogos:
11/10 (segunda) – Brasil x Turquia
12/10 (terça) – Brasil x Áustria
13/10 (quarta) – Brasil x Eslováquia
14/10 (quinta) – Brasil x Noruega

Por fim, nas duplas mistas, o Brasil está no Grupo A e será representado por Anne Akemi Ferreira Shibuya e Scott McMullan. São três grupos, cada um com seis equipes. Os três melhores de cada grupo avançam para os play-offs. Os primeiros de cada grupo garantem um bye. Segundos enfrentam os terceiros de outros grupos (A2 x B3; B2 x C3; C2 x A3). Desses duelos, então, saem os adversários dos primeiros colocados, que tinham bye garantido. Os vencedores desses três confrontos garantem vaga no Pré-Olímpico.

Jogos:
5/10 (terça) – Brasil x Eslováquia
5/10 (terça) – Brasil x Cazaquistão
6/10 (quarta) – Brasil x Kosovo
7/10 (quinta) – Brasil x Portugal
7/10 (quinta) – Brasil x Turquia

Outras notícias + Lista completa