Carregando...
Jogos da Juventude

São Paulo vence Rio de Janeiro no masculino e no feminino e se garante nas duas finais do handebol

Paulistas ganharam os dois equilibrados confrontos contra os cariocas realizados nesta sexta, válidos pela primeira divisão dos Jogos da Juventude

São Paulo vence Rio de Janeiro no masculino e no feminino e se garante nas duas finais do handebol

A rivalidade entre São Paulo e Rio de Janeiro ganhou novos capítulos nos Jogos da Juventude Aracaju 2022. Na manhã desta sexta-feira, 16, os dois estados se enfrentaram nas semifinais do handebol tanto no masculino como no feminino. E os paulistas levaram a melhor em ambas. 

Porém, não faltou emoção nas duas partidas. Entre os homens, a vitória foi por 23 a 20, com a equipe conseguindo abrir vantagem no marcador nos minutos finais. Já entre as mulheres, o placar foi ainda mais apertado: 14 a 13. 


Favoritismo no masculino

No jogo masculino, São Paulo entrou como favorito após vencer as três partidas na fase de grupos e se classificar em primeiro lugar. Já o Rio de Janeiro passou em segundo ao perder para Santa Catarina. 

Representados pelo Colégio Amorim, tradicional investidor no esporte escolar no estado, os paulistas contam com dois jogadores presentes na convocação mais recente da seleção brasileira sub-18: Emerson dos Santos e João Victor Lindoso. 

Mesmo assim, o Rio de Janeiro conseguiu ficar à frente no placar em boa parte do confronto e fazer um jogo muito eficiente. Entretanto, nos minutos finais prevaleceu a força de São Paulo, que conseguiu abrir vantagem e garantir a vitória. 

"Por ser semifinal, sempre é parelho. A gente entrou um pouco cansado e desligado na partida. Fomos acordando no decorrer do jogo. Depois fizemos um ótimo jogo e seguimos para a final com a cabeça erguida e muito fortes. A expectativa é sempre ganhar. Vamos nos recuperar, os Jogos da Juventude estão dando uma ótima estrutura para nós, vamos pensar na final agora", disse o goleiro Guilherme Maia. 

O adversário na decisão sairá do confronto entre Piauí e Santa Catarina. 


Vitória apertada no feminino 

No feminino, a vitória de São Paulo pode ser considerada uma surpresa, já que a equipe teve uma campanha irregular na fase de grupos, com uma vitória, um empate e uma derrota, se classificando no segundo lugar. 

Por outro lado, o Rio de Janeiro venceu todos os três jogos que disputou e chegou com favoritismo para o duelo. Entretanto, isso não se confirmou dentro de quadra. 

Também representadas pelo Colégio Amorim, a equipe de São Paulo conseguiu fazer uma partida muito eficiente na marcação e aproveitar os erros do adversário. O jogo seguiu equilibrado até o fim, mas as paulistas garantiram a vaga na final com a vitória por 14 a 13. 

Agora, elas esperam na decisão o vencedor do duelo entre Pernambuco e Santa Catarina. 

Outras notícias + Lista completa