Carregando...
Time Brasil

Resultados Time Brasil: Bia Ferreira é bicampeã mundial de boxe

Fim de semana ainda teve conquistar importantes para o Brasil no atletismo, hipismo, judô e vôlei de praia.

Resultados Time Brasil: Bia Ferreira é bicampeã mundial de boxe
Wander Roberto/ COB

O principal resultado esportivo para o Brasil neste final de foi a conquista do bicampeonato mundial feminino de boxe pela baiana Bia Ferreira, em Nova Deli, na Índia. Mas, o país ainda subiu ao pódio em modalidades como atletismo, hipismo, judô e vôlei de praia. 


Confira abaixo os principais resultados do Time Brasil no fim de semana:


Bia Ferreira no novamente no topo do mundo 

A pugilista Bia Ferreira fez história ao conquistar pela segunda vez o título mundial feminino de boxe. A conquista na categoria até 60kg aconteceu após vitória na final contra a colombiana Angie Valdez, em Nova Deli, na Índia. Ouro no Mundial de 2019 e prata no de 2022, Bia alcançou a incrível marca de 36 pódios em 37 campeonatos internacionais, sendo 31 ouros. Ela se tornou a primeira brasileira a ser bicampeã mundial de boxe. Medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio, A pugilista também foi a primeira atleta do Brasil a conquistar três medalhas mundiais e, além disso, a chegar em três finais da competição – e todas de forma consecutiva. Esta ainda foi a melhor campanha do Brasil na história do Mundial de boxe feminino. Além do ouro de Beatriz Ferreira, o país conquistou um bronze com Barbara Santos (70kg).

Prata para Ana Patrícia e Duda no México

O Brasil subiu ao pódio na etapa Elite 16 de Tepic, no México, do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Ana Patrícia e Duda ficaram com a medalha de prata. As brasileiras foram superadas na decisão pelas americanas Kelly Cheng e Sara Hughes por 2 sets a 1 (14/21, 21/15 e 10/15). Este foi o primeiro pódio da dupla brasileira no Circuito Mundial em 2023.



Medalha de bronze no Grand Slam da Georgia de judô

Em disputa brasileira, Rafael Buzacarini ficou com a medalha de bronze na categoria meio-pesado masculino (100kg) do Grand Slam de Tbilisi, na Geórgia, neste domingo, 26. Para alcançar o resultado, Rafael teve que derrotar o compatriota Leonardo Gonçalves na disputa pela medalha. Além do quinto lugar de Leo e da medalha de Buzacarini, a primeira dele em 2023, a seleção ainda teve dois quintos de Jéssica Lima e Rafaela Silva, ambas do peso leve feminino (57kg). Na próxima semana, a equipe disputará o Grand Slam de Antalya, na Turquia.


Prata para Caio Bonfim na Eslováquia

Caio Bonfim estreou na temporada internacional de 2023 neste sábado, 25, com a medalha de prata nos 35 km da 42ª edição do Dudince 50, na Eslováquia, prova válida pelo circuito ouro da World Athletics Race Walking Tour. O brasileiro completou as 35 voltas no circuito de 1 km, montado no centro da cidade, em 2:27:30, ratificando o índice para o Mundial de Budapeste. O vencedor da prova foi o mexicano José Luís Doctor, com 2:26:37. O chinês Lihong Cui ficou em terceiro lugar, com 2:29:00. 

A prova feminina dos 35 km marcou a volta da pernambucana Érica Sena (Pinheiros-SP) às competições, depois do nascimento de seu filho, Kylian Andrés, ocorrido no dia 14 de junho de 2022, em Cuenca, no Equador. Ela terminou em quinto lugar em Dundice, com 2:47:59, obtendo a qualificação para o Mundial da Hungria (o índice exigido é de 2:51:30).




Dobradinha brasileira no hipismo



Outras notícias + Lista completa