Carregando...
Jogos Escolares

Referências de ensino, cinco Escolas de Tempo Integral abrigam competições em Palmas

Instituições contam com infraestrutura invejável, e seus ginásios são utilizados na etapa regional dos Jogos Escolares


10/09/2019 12:09:00
Compartilhe
Referências de ensino, cinco Escolas de Tempo Integral abrigam competições em Palmas
Alexandre Loureiro/COB

Capital mais nova do país, Palmas (TO) recebe pela primeira vez uma edição regional dos Jogos Escolares da Juventude a partir desta quarta-feira, dia 11, quando as delegações dos nove estados participantes desembarcam na cidade. A partir de quinta, 12 ginásios vão receber os jogos de basquete, futsal, handebol e vôlei da maior competição escolar do país. E o detalhe é que cinco dos locais de competição ficam nas Escolas de Tempo Integral (ETI).

A primeira ETI, Padre Josimo Morais Tavares, foi inaugurada em 2007 e vai receber o handebol, assim como Euridice Ferreira de Mello; a ETI Anísio Teixeira abrigará os jogos de basquete; e as ETIs Carolina Campelo e Almirante Tamandaré sediarão as partidas de futsal. Atualmente, já são 19 escolas que contam com uma infraestrutura invejável e apoio das Forças Armadas.

“A estrutura da unidade conta com ginásio, piscina, salas de artes, música, dança, artes marciais e coral, auditório, biblioteca, enfermaria, sala de primeiros-socorros, consultório odontológico, ateliê de costura, sala de arquivos históricos e instrumentos musicais, salas administrativas e outras dependências”, conta a professora Marilza Teixeira, 54 anos, sendo 22 dedicados à rede municipal de ensino.

Marilza leciona na Escola Almirante Tamandaré, que tem parceria com a Marinha do Brasil. Ao todo, 1.200 alunos recebem aulas da chamada base comum, como português, matemática e geografia, e da base diversificada, casos da natação, artes marciais e aulas de inglês. Seis oficiais da reserva ajudam na organização dos jovens fora da sala de aula e nos horários das refeições.

“Servimos café, almoço e lanche da tarde. Os oficiais ajudam com os bons valores, disciplina e organizam a garotada. Temos ainda uma banda marcial com 35 integrantes e dez professores de educação física com especialização esportiva. Todos os nossos alunos vivenciam essas práticas esportivas, os estilos de dança e por ai vai”, orgulha-se Marilza.