Carregando...
COB

Paulo Roberto Conde é o novo Diretor de Comunicação do COB

Paulo Roberto Conde é o novo Diretor de Comunicação do COB

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) tem um novo Diretor de Comunicação. Trata-se de Paulo Roberto Conde, que estava no Grupo Globo desde 2018, após passar por outras das principais redações da imprensa nacional. Paulistano de 37 anos, Paulo Conde é formado em jornalismo e mestrando em Estudos Olímpicos pela Universidade Alemã do Esporte, em Colônia. 

“Tenho um grande respeito e admiração pelo Paulo Conde. Estamos falando de um profissional extremamente qualificado e profundo conhecedor do Movimento Olímpico. Tenho certeza que ele contribuirá para um crescimento ainda maior da área de Comunicação do COB”, afirmou o presidente do COB, Paulo Wanderley Teixeira. 

A primeira experiência de Paulo Conde na grande mídia ocorreu em 2004, durante um estágio nos cadernos de Cidades e Esporte de “O Estado de São Paulo”, às vésperas dos Jogos Olímpicos de Atenas. No ano seguinte, entrou no diário LANCE!, onde foi repórter e editor de esportes olímpicos. Entre o final de 2012 e o início de 2018, integrou o caderno de Esporte da “Folha de São Paulo”, primeiro como chefe de reportagem e depois como repórter.

Em abril de 2018, trocou a imprensa predominantemente escrita pela TV. Como produtor, fez reportagens para os principais telejornais da Globo, para os canais SporTV e o GE.globo. Cobriu três Jogos Olímpicos (2012, 2016 e 2020), uma edição dos Jogos Paralímpicos (2008), uma Universíade (2011), assembleias do COI (Comitê Olímpico Internacional) e Campeonatos Mundiais de natação, basquete, handebol e judô. 

“Desde o início, minha trajetória profissional andou colada ao Movimento Olímpico. E quem se conecta a ele uma vez nunca mais quer deixá-lo, por ser tão empolgante e universal. Fico honrado com o convite para fazer parte desse time tão talentoso, dedicado e que trabalha dia e noite para consolidar o Brasil como referência olímpica”, disse Conde.  “O desafio da Comunicação é atender com excelência os diversos atores de um modelo multiplataforma que não para de se renovar. Além de trabalhar como agente de informação e transparência do próprio comitê, é preciso dialogar com a grande imprensa, nossa parceira mais tradicional, fornecer conteúdo de qualidade aos fãs do Movimento Olímpico por meio do nosso site e do Canal Olímpico do Brasil, abastecer com criatividade as nossas redes sociais e criar oportunidades de engajamento. Tudo isso dentro de um ciclo até Paris 2024, que será mais curto do que o habitual e histórico”, completou o novo Diretor de Comunicação do COB.

Outras notícias + Lista completa