Carregando...
Pequim 2022

Manex Silva é o 1º brasileiro a disputar quatro provas em uma mesma edição de Jogos Olímpicos de Inverno

Jovem de 19 anos completou a prova dos 50km Largada em Massa do esqui cross-country neste sábado, 19. Ele será o porta-bandeira na Cerimônia de Encerramento

Manex Silva é o 1º brasileiro a disputar quatro provas em uma mesma edição de Jogos Olímpicos de Inverno
William Lucas/ANOC

Manex Silva largou e completou a prova dos 50km Largada em Massa do esqui cross-country neste sábado, 19, em Pequim 2022 e estabeleceu um novo recorde: é o primeiro atleta do Brasil a disputar quatro provas em Jogos Olímpicos de Inverno. Além da competição deste sábado, ele ainda disputou o esquiatlo, o sprint e o 15km. Concluídas as competições na China, ele se prepara para conduzir a bandeira do Brasil na Cerimônia de Encerramento, neste domingo, a partir das 9h da manhã (horário de Brasília).

“Eu acho que vai ser uma experiência única. Até agora, só tinha visto as Cerimônias pela TV. É um evento importante e fico feliz de levar a bandeira de um país tão grande quanto o Brasil”, disse Manex, que ficou na 58ª colocação entre 61 atletas inscritos na prova.

“Ter participado dos Jogos Olímpicos foi muito positivo, estou feliz, mas não completamente satisfeito. Acho que poderia ter feito um pouco mais e isso me motiva a continuar treinando duro. Ainda tem quatro anos pela frente para os próximos Jogos”, analisou.

Por causa das condições climáticas em Zhangjiakou, a prova disputada no Cento Nacional de Esqui Cross-country sofreu alterações: começou 1h mais tarde que o prevista e o percurso foi reduzido para 30km (apesar do nome oficial da prova ter sido mantido). Apesar do frio e do vento, destaques negativos da competição, a prova teve pontos positivos para o brasileiro.

“Foi bem positivo o resultado. Eu consegui manter o mesmo ritmo durante quase toda a prova e não ‘morrer’ na distância que é bem longa. De negativo, o vento e o frio e, muscularmente, não estava sentido muito bem, dando cãibras nas pernas. Mas fiquei satisfeito por ter conseguido completar a prova e com o resultado em si”, contou.

O recorde de quatro provas disputadas em Pequim 2022 só foi possível porque Manex conseguiu se classificar para os Jogos Olímpicos com o índice A, abaixo dos 100 pontos FIS. Ele foi, inclusive, o primeiro brasileiro a conseguir tal feito. “É bem importante ver que o Brasil está crescendo, competindo em cada vez mais provas. Espero que eu não seja o único (a disputar quatro provas) e que isso se repita mais vezes”.

E esse não foi o único recorde que o atleta de 19 anos nascido em Rio Branco, no Acre, que hoje reside na Espanha, e é treinado por Julen Garjon, estabeleceu em Pequim 2022. Com 171.68, Manex bateu o recorde de pontos do Brasil no esqui cross-country em Jogos Olímpicos, superando a marca que Jaqueline Mourão havia estabelecido em Vancouver 2010 (172.88). Em Pequim 2022, ainda conseguiu completar a prova dos 15km Clássico na 90ª colocação e foi alcançado pelos líderes na prova do esquiatlo, terminando a prova na 67ª colocação.

Depois da Cerimônia de Encerramento, Manex planeja um breve descanso, mas já tem o próximo objetivo traçado. E é de curtíssimo prazo. “O próximo objetivo é ir bem no Mundial Júnior da Noruega. Tem pouco tempo, mas vou descansar esses dias para chegar forte no Mundial”, disse o esquiador, citando a competição que será realizada em Lygna, de 22 a 27 desse mês. A primeira prova de Manex deve ser no dia 25, os 10km Clássico.

Pequim 2022 é a nona participação brasileira em Jogos de Inverno, iniciada em Albertville 1992. Contando com essa edição, o Brasil contou com 40 atletas diferentes atletas nos Jogos Olímpicos de Inverno, sendo 13 mulheres, em nove modalidades: biatlo, bobsled, esqui alpino, esqui cross-country, esqui estilo livre, luge, patinação artística, skeleton e snowboard.

Outras notícias + Lista completa