Carregando...
COB

Mais 18 atletas completam o Programa de Transição de Carreira do COB e estão preparados para o próximo passo profissional

Formatura da 10ª turma do Programa de Carreira do Atleta – Núcleo de Transição de Carreira foi realizada nesta quinta-feira, 30, durante o 3º Seminário Presencial, no Rio de Janeiro

Mais 18 atletas completam o Programa de Transição de Carreira do COB e estão preparados para o próximo passo profissional
Rafael Bello/COB

Mais 18 atletas estão prontos para dar o próximo passo em suas vidas rumo à transição para uma nova carreira profissional. Com o encerramento da 10ª edição do Programa de Carreira do Atleta – Núcleo de Transição de Carreira (PCA Transição), uma das ações conduzidas pelo Instituto Olímpico Brasileiro (IOB), área educacional do Comitê Olímpico do Brasil (COB), esportistas que representaram o país em grandes competições se consideram mais confiantes e preparados para o futuro em suas carreiras. Os conhecimentos e habilidades adquiridos durante todo o tempo atuando como atletas servirão como diferenciais no mercado de trabalho.

Entre os formandos da turma de 2023 está Mariana Silva, que considera que o PCA Transição foi fundamental para os próximos passos. “Ter feito a escolha de participar desse programa foi o melhor que eu podia fazer nesse momento de transição na minha vida. Foi uma busca por autoconhecimento, todo atendimento que tive com o coach Moreno, a parte de mentoria me deu novos olhares para o mercado de trabalho, foi fundamental para mim. O curso agrega muito, traz muito conhecimento sobre o que acontece fora da nossa bolha esportiva”, contou a judoca olímpica nos Jogos Londres 2012 e Rio 2016.

Durante o 3º Seminário, a agenda contou com atendimento de mentoria direcionada, em que os atletas foram divididos em grupos conforme a área em que desejam atuar no mercado de trabalho - Consultoria Financeira, Gestão Esportiva e Treinadores -, recebendo aconselhamento de profissionais dessas áreas.

Também foram apresentados os resultados do Programa, encerrados os processos de Coaching e de Mentoring, que foi uma das novidades dessa edição. Os atletas Eric Takabatake, Laila Ferrer e Gustavo Coutinho deram depoimentos sobre a experiência deles no Programa. Ao final, foi realizada uma cerimônia de encerramento, que incluiu discursos dos formandos e entrega de certificados pelo campeão olímpico e diretor-geral do COB, Rogério Sampaio, que, em seu discurso, destacou como as habilidades desenvolvidas durante a carreira vão ajudar nos novos caminhos profissionais dos formandos.

“Olho para trás e vejo que uso coisas que contribuíram para o que sou hoje. Durante a minha carreira, sempre procurei treinar com os melhores. Apanhei muito, mas também fui melhorando. Um dia percebi que tinha chegado ao nível deles. Na gestão esportiva, comecei pequeno, aprendendo, mas ao longo desse período procurei conviver e aprender com quem sabe mais que eu sobre algum tema. É uma das coisas que trouxe da vida de atleta”, contou.

“O COB tem um olhar atento porque entende que vocês, atletas, adquiriram muitas habilidades ao longo de anos nos treinamentos, nas competições e que carregam os valores olímpicos para a vida. Essa a nossa responsabilidade: propagar o Olimpismo. O que eu posso falar é que, quando vocês forem definir a carreira que irão conseguir, começarão a construir uma nova história, mas que o grande conhecimento que vocês adquiriram ao longo da história vai ser um diferencial na profissão que vocês seguirão”, completou o campeão olímpico de judô em Barcelona 1992.

Gustavo Coutinho, que acaba de conquistar a medalha de prata nos Jogos Pan-americanos Santiago 2023 com a seleção masculina de polo aquático, destaca que o olhar para pós-carreira que o COB tem é muito importante. “Eu não entrei de primeira no curso, mas mandei email e fui atrás porque queria muito fazer o curso. Ainda não estou me aposentando. Temos o Mundial no Qatar em fevereiro, onde podemos garantir nossa vaga olímpica. Então, o planejamento para 2024 está a todo vapor. Mas é uma coisa que a consciência fala que é me preparar. Assim como fiz nas competições, queria me preparar antes para encarar uma nova carreira. Não são todos os Comitês que pensam na carreira do atleta. Nós temos prazo de validade, não vamos competir até 70 ou 80 anos. Acho que isso é fechar o ciclo, que não acaba com uma medalha olímpica, mas segue, com os valores olímpicos que vão continuar com a gente. O COB vê isso, o IOB incentiva. Tive a honra de participar da 10ª edição com grandes nomes do esporte brasileiro. Isso é sensacional e pretendo fazer outros cursos do IOB”, disse.

O PCA é uma iniciativa do COB que visa dar suporte ao atleta em sua formação global, com o objetivo de auxiliar no processo de transição para uma nova carreira. Com abrangência nacional, o Programa teve duração de seis meses, de maio a novembro de 2023, e foi estruturado em três módulos realizados através de atividades presenciais e a distância.

Essas atividades foram compostas por palestras e workshops; conteúdo on-line disponível em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) sobre temas considerados centrais para o processo de transição, como Gestão de Carreira, Empreendedorismo e Gestão Financeira; além dos processos de Coaching e Mentoring, focados no desenvolvimento pessoal e profissional, respectivamente. Além disso, os atletas foram beneficiados com bolsas de estudo de graduação e pós-graduação da Universidade Estácio de Sá e bolsas de curso de inglês.

Na edição de 2023, a 10ª realizada, o PCA Transição contou com 18 atletas com participação em Jogos Olímpicos, Pan-americanos e/ou Sul-americanos.

Confira abaixo a lista de atletas no PCA Transição 2023
André Luiz Patrocinio Couto (Hóquei sobre Grama)
Atleta Olímpico Jogos Rio 2016

Angélica Malinverno (Voleibol)
Medalhista de Prata Jogos Pan-americanos Toronto 2015

Dayane Pires da Rocha (Handebol)
Atleta Olímpica Jogos Tóquio 2020

Eric Gomes Takabatake (Judô)
Atleta Olímpico Jogos Tóquio 2020

Geisa Aparecida Muniz Coutinho (Atletismo)
Atleta Olímpica Jogos Atenas 2004, Londres 2012, Rio 2016 e Tóquio 2020

Gracyenne Helena Leite Alves (wrestling)
Atleta Jogos Sul-americanos Assunção 2022

Gustavo de Mendonça Jeannetti Coutinho (Polo Aquático)
Medalhista de Prata Jogos Pan-americanos Santiago 2023

Joelma das Neves Sousa (Atletismo)
Atleta Olímpica Jogos Londres 2012 e Rio 2016

Laila Ferrer Silva (Atletismo)
Atleta Olímpica Jogos Londres 2012 e Tóquio 2020

Larissa Tiburcio Lellys (Pentatlo Moderno)
Atleta Jogos Pan-americanos Rio 2007

Mariana dos Santos Silva (Judô)
Atleta Olímpica Jogos Londres 2012 e Rio 2016

Marina Canetta Gobbi (Tiro com Arco)
Atleta Olímpica Jogos Rio 2016

Michelle Marinho Pavão (Voleibol)
Medalhista de Prata Jogos Pan-americanos Toronto 2015

Natalia de Luccas (Natação)
Atleta Olímpica Jogos Rio 2016

Sarah de Oliveira Nikitin (Tiro com Arco)
Atleta Olímpica Jogos Londres 2012

Tainara Luna Goncalves (Handebol)
Campeã Jogos Sul-americanos Assunção 2022

Vanusa Henrique Santos (Atletismo)
Atleta Jogos Pan-americanos Toronto 2015

Willian Karllos Giaretton (Remo)
Atleta Olímpico Jogos Rio 2016

Outras notícias + Lista completa