Carregando...
Time Brasil

Laura Pigossi salva três match-points, derruba Yastremska e vai à semi do WTA de Bogotá, na Colômbia

Medalhista Olímpica se garante no top 150 em seu maior resultado em simples na carreira e encara 33ª do mundo e favorita neste sábado

Laura Pigossi salva três match-points, derruba Yastremska e vai à semi do WTA de Bogotá, na Colômbia
Copa Colsanitas

Laura Pigossi, medalhista de Bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio, segue brilhando em sua maior campanha na carreira em simples. Nesta sexta-feira a paulistana se garantiu na semifinal do WTA 250 de Bogotá, na Colômbia, evento sobre o saibro com premiação de US$ 239 mil e do mais alto nível do circuito mundial.

A tenista que treina na AD In Academy, em Barcelona, na Espanha, superou a ucraniana Dayana Yastremska, 102ª do mundo, tenista que foi 21 do ranking e que recentemente foi finalista em Lyon, na França, por 2 sets a 1 com parciais de 6/2 4/6 7/6 (7/3) após 2h33min de duração.

Laura abriu 6/2 2/1 com quebra, perdeu o segundo set, sacou para o jogo em 5/4, mas precisou salvar três match-points pouco depois em seu serviço com 5/6. Foi confiante para o tie-break e definiu na primeira chance.

"Estou muito, muito feliz pela maneira como joguei, como consegui lidar com os momentos de pressão, com a situação, momentos acima e abaixo no placar. Essa semana venho demonstrando uma força mental muito grande e isso está me levando adiante. Sabia que ela era uma menina que gostava de comandar o jogo, muito agressiva, mas sabia que poderia jogar contra ela. A palavra principal foi acreditar”, contou Laura.

“Nos match-points contra, a única coisa que pensei foi no momento, no que precisava fazer que estava dando certo, foi um pouco o que aconteceu nas Olimpíadas. Viver o presente, focar na tática e acreditar. Que já tinha feito isso em Tóquio, duas semanas atrás em Anapoima (Colômbia), no primeiro jogo do quali daqui. Era só mais um ponto e tinha muito claro que iria conseguir", disse Pigossi, atleta patrocinada pela ASICS, Banco BRB e pela Confederação Brasileira de Tênis.

Atual 212ª do mundo, Laura venceu na semana seus primeiros jogos em simples nível WTA e de quebra alcança a semifinal onde irá enfrentar a atual campeã, a colombiana Maria Osorio, 33ª do mundo, principal favorita. Com o desempenho ela se garante pela primeira vez entre as 150 melhores do mundo.

"Estou simplesmente jogando, acredito que posso enfrentar qualquer uma e continuar fazendo o que estou fazendo com garra, intensidade e sangue nos olhos, esse é o principal", completou.

Outras notícias + Lista completa