Carregando...
COB

Fórum da Mulher no Esporte: especialistas analisam cenário atual e exaltam importância do evento

Bárbara Pires e Natália Falavigna explicam importância do debate sobre equidade de gênero; Fórum será realizado pelo COB no dia 18

Fórum da Mulher no Esporte: especialistas analisam cenário atual e exaltam importância do evento
Isabel Swan e Bárbara Pires no COB. Foto: Rafael Bello/COB

No próximo dia 18, o Comitê Olímpico do Brasil realizará o 1º Fórum da Mulher no Esporte, no Rio de Janeiro. O evento contará com a presença de medalhistas olímpicas, personalidades do esporte e especialistas no assunto, cada vez mais relevante no cenário esportivo mundial. 

Uma das convidadas será Barbara Pires, doutora em antropologia social e consultora em gênero no esporte. Na visão dela, o Fórum é uma medida fundamental para os avanços necessários na questão.

"É importante falar sobre isso e o Fórum é um exemplo de avanço nessa pauta. Cada vez que evidenciamos o problema com dados e diagnósticos, conseguimos gerar políticas e ações. Isso gera um crescimento, que vira visibilidade, investimento, uma oportunidade das mulheres terem um horizonte maior de participação no esporte", analisou.

"A presença feminina no ambiente esportivo é uma consequência de estarmos cada vez mais falando sobre isso, abrindo espaços e colocando as mulheres nesse espaço de diálogo e tomada de decisão nesses fatores que avançam a igualdade de gênero. Ter a oportunidade de fazer esse debate qualificado com dados, diagnósticos, é fundamental para aprofundar o conhecimento sobre esse tema, além de melhorar os indicadores para desenvolver melhores políticas e ações estratégicas nesse sentido", disse ele.

Na visão de Bárbara Pires, a equidade de gênero em vários setores do esporte segue abaixo do ideal, o que dá ainda mais importância para eventos como o Fórum da Mulher. 

"No esporte, infelizmente ainda vemos essa desigualdade, tanto na parte de orçamento, como na representação, na visibilidade, na gestão, na formação de base. Há uma desigualdade de gênero estrutural, que é antiga e histórica", explicou.

"A inclusão das mulheres como membros do COI só foi efetivada 100 anos depois da criação da entidade. Há um atraso nessa inclusão feminina no ambiente de governança, nas modalidades olímpicas e na participação do esporte nessa visibilidade. É importante falar sobre isso e o Fórum é um exemplo de avanço nessa pauta", completou Bárbara Pires. 

Quem também participará do Fórum será Natália Falavigna, que representou o Brasil em três Jogos Olímpicos no taekwondo e conquistou a medalha de bronze em Pequim 2008. 

Hoje gestora esportiva do COB, ela também fala sobre a importância da realização do Fórum, com a visão de uma atleta olímpica de sucesso.

"Acredito ser de extrema importância debater a relevância e os avanços realizados pelas mulheres dentro do esporte ao longo destes anos. Mas, acima de tudo, também levantar os desafios e barreiras que ainda se apresentam para as mulheres na realidade esportiva do nosso país. Propondo soluções e ações concretas para transpor estes obstáculos na busca da igualdade, oportunidades e espaço", falou. 

O 1º Fórum da Mulher no Esporte foi idealizado e está sendo organizado pela área Mulher no Esporte do COB, sob coordenação da medalhista olímpica de vela Isabel Swan. 


Outras notícias + Lista completa