Carregando...
Time Brasil

Em parceria com a Área de Desenvolvimento do COB, Remo realiza treinamento de campo nacional

Atividade, parte do programa Remo4, foi realizada de 01 a 14 de novembro, com a participação das equipes Júnior, Sub 23, Sênior e Pré-Olímpica


Compartilhe
Em parceria com a Área de Desenvolvimento do COB, Remo realiza treinamento de campo nacional
CBR/Divulgação

A Confederação Brasileira de Remo (CBR), em parceria com a Área de Desenvolvimento do Comitê Olímpico do Brasil (COB), realizou na Ilha do Pavão, em Porto Alegre, sede do Grêmio Náutico União, de 01 a 14 de novembro, treinamento de campo nacional com a participação das equipes Júnior e Sub 23, que contou também com atletas do Sênior e Pré-Olímpica. A atividade é parte do programa Remo4, que visa desenvolver as equipes de base para formar barcos a Quatro para competições internacionais.

“O programa Remo4 como um todo é uma ação que atende todos os principais objetivos da Área de Desenvolvimento. Além dos treinamentos para os atletas das categorias de base, houve avaliações pensando nas competições do próximo ano, capacitação e intercâmbio entre técnicos regionais e profissionais da CBR, o que vai ajudar na padronização dos treinos nas diferentes regiões do país”, analisou Kenji Saito, gerente executivo de Desenvolvimento Esportivo.


“O grupo do Remo4 realizou um treinamento incrível. Todos os técnicos fizeram um excelente trabalho com os 28 atletas de várias regiões do país. Tivemos o Remo4 Sênior em treinos coletivos, junto com os atletas Júnior e Sub 23, em um processo muito construtivo”, analisou o gerente técnico da CBR, Marcello Varriale.

Além dos atletas Júnior e Sub 23 convocados após a realização do CT Regional do Remo4 em outubro, participaram deste treinamento a equipe Sênior e os atletas em preparação para disputar a Regata Continental de Qualificação Olímpica para Tóquio. Na equipe Júnior e Sub 23 foram convocados 28 atletas (12 remadoras e 16 remadores), representando 10 clubes da Bahia, Distrito Federal, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Na equipe Sênior foram convocados 13 atletas (5 remadoras e 8 remadores) e na equipe pré-olímpica 5 homens e 4 mulheres. Do total de convocados, quatro atletas não puderam participar devido ao diagnóstico positivo de COVID-19 antes da viagem, procedimento obrigatório para integrar o CT.

Ao todo, nove técnicos lideraram as atividades, juntamente com o gerente técnico da CBR, Marcello Varriale, e o head coach Bernhard Stomporowski. “O treino de Oito Com refletiu com precisão o que o programa Remo4 almeja e projeta para o remo brasileiro: atletas Júnior, Sub 23 e Sênior, de ambos os gêneros, treinando juntos, com presença, vontade, atenção, harmonia, disciplina, excelência e com a intenção de extrair o melhor de cada companheiro e companheira no barco”, afirmou Oguener Tissot, treinador-líder nacional.


Segurança dos Participantes - Antes da viagem para Porto Alegre, os participantes convocados ao CT Nacional precisaram apresentar testes negativos para COVID-19. Chegando à capital gaúcha, atletas e técnicos passaram por novos exames do tipo PCR, custeados pela CBR, para confirmar o diagnóstico negativo. Apenas uma atleta teve resultado positivo e foi afastada do treinamento.

Além da testagem, os participantes preenchiam diariamente um formulário digital para indicar se estavam com algum sintoma e utilizavam máscaras de proteção durante as atividades. As saídas durante este CT foram controladas, de modo a diminuir o contato com outras pessoas. Todo o treinamento seguiu o Protocolo de Retomada de Atividades da CBR.


Atividades Complementares – Os atletas tiveram a oportunidade de participar de uma série de atividades paralelas durante as duas semanas do treinamento. Houve, por exemplo, palestras com o técnico Thiago “Capi” Almeida, que falou sobre sua vida ligada ao esporte; com o fisioterapeuta Tarciso Santos sobre as principais lesões do esporte e a importância de um olhar preventivo no alto rendimento; com o psicólogo Edson Filho sobre preparação mental no esponte; e com a nutricionista Fernanda Donner sobre a importância do foco no equilíbrio alimentar e nos cuidados com uso de suplementação, principalmente para evitar substancias proibidas com risco de dopagem.

“Todos foram respeitosos, determinados, guerreiros, conseguíamos ver no olho a alegria de estarem envolvidos nessa nova fase do remo brasileiro. Agora, cabe [aos atletas] levaram tudo o que aprenderam para os clubes e fazerem do nosso esporte cada vez mais forte e unido!”, concluiu Letícia Muziol, treinadora-líder nacional do Remo4.

Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais