Carregando...
Time Brasil

Da quase aposentadoria à medalha histórica: Flávia Saraiva tem outra chance de brilhar no Mundial

Ginasta diz que queria abandonar o esporte nos últimos meses, mas agradece apoio recebido; ela disputa final do individual geral nesta sexta

Da quase aposentadoria à medalha histórica: Flávia Saraiva tem outra chance de brilhar no Mundial
Flavia Saraiva no Mundial da Antuérpia. Foto: Ricardo Bufolin/CBG

Superação é uma palavra que pode definir bem o ano da ginasta Flávia Saraiva. Ela começou 2023 recém-operada do tornozelo, sem saber se poderia voltar a competir, e hoje pode comemorar a conquista da histórica medalha de prata por equipes no Mundial da Antuérpia.

Mas o caminho foi árduo para ela chegar até o pódio. E, segundo ela mesma, faltou pouco para desistir de vez da ginástica por conta da séria lesão.

"Pra mim foi muito importante o apoio de todo mundo. Eu lembro que uma semana antes do Brasileiro, eu falei pro meu treinador (Francisco Porath) que eu iria sair da ginástica. Eu falei que não queria mais, que eu iria embora, que eu não estava aguentando mais. E ele disse "não, todo mundo lutou aqui. A Lorrane lutou um ano, você vai lutar agora, você precisa lutar junto com a gente"", contou ela, se referindo ao Brasileiro disputado em agosto. 

Nesta sexta-feira, 6, Flávia Saraiva tem a chance de mostrar mais uma vez para o mundo que todo esforço e a dedicação em sua recuperação valeram a pena. 

Ela disputa a final do individual geral na Antuérpia, podendo conquistar mais uma medalha, que seria a sua primeira individual em Mundiais. Nas eliminatórias, Flávia se classificou na sexta posição. Rebeca Andrade também estará em ação.

Se conseguir esse feito, a brasileira estará sozinha no pódio. Mas certamente carregará toda sua gratidão pelo apoio recebido nos últimos meses, fundamentais justamente para ela seguir firme na ginástica. 

"Eu queria agradecer toda nossa equipe multidisciplinar que lutou muito comigo, se dispôs a fazer vários tratamentos para eu poder estar aqui e competir da melhor forma possível. As meninas que estavam comigo todos os dias conversando, me ajudando em todos os momentos, isso pra mim foi muito importante, muito mais do que qualquer medalha", falou. 

A final do individual geral está marcada para começar às 14h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo do Canal Olímpico do Brasil. 

Flávia Saraiva também está classificada para a final do solo, que será no domingo.

Outras notícias + Lista completa