Carregando...
COB

Curso do IOB de prevenção ao abuso e assédio será obrigatório para todas as seleções de desportos aquáticos

CBDA anunciou que a conclusão do curso será pré-requisito para todos os participantes de seleções convocadas para competições, training camp e demais convocações


Compartilhe
Curso do IOB de prevenção ao abuso e assédio será obrigatório para todas as seleções de desportos aquáticos
Wander Roberto/COB

A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) anunciou ontem que tornou obrigatória, para todos os seus convocados, a conclusão do Curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte (PEAAE), oferecido pelo Instituto Olímpico Brasileiro (IOB), do Comitê Olímpico do Brasil. O curso é gratuito, online e destinado a toda a comunidade do esporte. A inscrição pode ser feita através deste link

+ Saiba mais sobre o Curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte (PEAAE)

A partir de agora, todos os participantes de seleções convocadas para competições, training camp e demais convocações deverão ter concluído o curso que tem o objetivo de difundir o tema, contribuindo para a cultura de prevenção, enfrentamento e adoção de boas práticas.

“Uma das nossas priordades na CBDA é a prevenção ao assédio e abuso nos nossos cinco esportes. É de suma importância que toda a comunidade aquática conclua este curso e entenda que as assédio e abuso não só no esporte, mas na nossa sociedade são inadmissíveis. O esporte é uma ferramenta de mudança e faz parte da nossa responsabilidade fazer uma sociedade melhor e mais justa”, disse o presidente da CBDA, Luiz Fernando Coelho.

Uma das vozes da luta contra o abuso e o assédio no esporte é a ex-nadadora Joanna Maranhão“Foi com grande alegria que tomei conhecimento dessa importante decisão da CBDA que é tornar obrigatória, para todos os convocados para seleções, a conclusão do curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte (PEAAE). São ações como essa que vão fazer a gente perceber o sujeito e o objeto em situações que são socialmente aceitáveis, mas moralmente inadmissíveis. É um importante passo para uma necessária mudança”, disse.

Sobre o Curso oferecido pelo IOB

Desde o seu lançamento, em março de 2020, o curso atraiu a atenção da comunidade esportiva. Em dois meses o PEAAE, contou com a inscrição de cerca de 3.000 profissionais do esporte, sendo mais de 750 atletas e ex-atletas. Em maio do ano passado, a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) definiu que o curso seria pré-requisito para a participação em eventos da Canoagem Brasileira em 2021 e o projeto Escolinha de Triathlon Formando Campeões, idealizado pelo medalhista pan americano Juraci Moreira, indicou a formação aos profissionais ligados ao projeto.

O Curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte (PEAAE) pretende mostrar como o assédio e o abuso podem se manifestar no meio esportivo, de que forma é possível reconhecer seus sinais e como as organizações podem enfrentar essas práticas, além de explicar ações de prevenção, denúncia, enfrentamento e acolhimento às vítimas.  A programação está estruturada na modalidade de ensino a distância (EAD), a partir de videoaulas, conteúdo teórico, reflexões, avaliações objetivas e acesso a documentos de apoio. 


Fonte: CBDA


Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais