Carregando...
Antidoping

Concentrados para treinos no interior de São Paulo, judocas brasileiros têm palestra sobre doping

Vinícius Loyola, da área de Educação e Prevenção ao Doping do COB, apresentou o programa da entidade para os atletas da seleção masculina


04/04/2019 17:44:00
Compartilhe
Concentrados para treinos no interior de São Paulo, judocas brasileiros têm palestra sobre doping

O Comitê Olímpico do Brasil realizou nesta quarta-feira, dia 3, em Pindamonhangaba/SP, atividade de Educação e Prevenção ao Doping com atletas da equipe principal do judô brasileiro. O evento faz parte da programação conjunta desenvolvida com a CBJ, visando a preparação dos atletas para os Jogos Pan-americanos Lima 2019.

Estiveram presentes atletas e equipe técnica, entre eles medalhistas olímpicos e campeões mundiais. “Falar sobre doping para um grupo da elite do esporte é um grande desafio. São atletas experientes, que já viveram diversas situações e têm bom conhecimento sobre o combate ao doping, mas há sempre o que transmitir, dúvidas a esclarecer e experiências a compartilhar. É como o brilho da medalha. Para ser mantido, devemos sempre polir", relatou Vinícius Loyola, supervisor da área de Educação e Prevenção ao Doping do COB.

Este foi o quarto dia de concentração da seleção masculina de judô em Pindamonhangaba, São Paulo. Toda a comissão técnica e os atletas da seleção principal assistiram à apresentação que, entre outros pontos, abordou o que é considerado doping, o que é proibido (métodos e substâncias), as regras do Código Mundial Antidopagem da Wada e as etapas do controle de doping fora e em competição. 

"O COB está traduzindo a lista de substâncias e métodos proibidos para facilitar o acesso aos atletas brasileiros. Além disso, vamos lançar em breve um aplicativo com essas informações", revelou Loyola. 

LEIA TAMBÉM: Aplicativo desenvolvido pelo COB e ANFARMAG pode ajudar atletas na prevenção ao Doping

Essa é a terceira vez no ano que a CBJ promove ação direta de orientação sobre doping com judocas da seleção. Em janeiro, cerca de 200 judocas das categorias de base (Sub-18 e Sub-21) que participavam de treinamento de campo da CBJ em Pindamonhangaba receberam as mesmas orientações sobre doping em palestra com o gerente de Educação e Prevenção ao Doping do COB, Christian Trajano. 

Em fevereiro, a seleção feminina teve palestra com abordagem jurídica sobre punições por doping no esporte ministrada pelo advogado especialista em casos de doping, Marcelo Franklin.

Com informações da CBJ

Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais