Carregando...
Tóquio 2020

Com medalhista olímpico, revezamento 4x200 m livre disputa a final em Tóquio

Equipe termina na oitava colocação; Leonardo de Deus é o sexto colocado nos 200 m borboleta

Com medalhista olímpico, revezamento 4x200 m livre disputa a final em Tóquio
Satiro Sodré/CBDA

Quando caiu na água na final dos 200m borboleta nesta quarta-feira, 28, no Japão, Leonardo de Deus já estava fazendo história. Primeira final olímpica e melhor tempo da vida nas eliminatórias do dia anterior. Em uma série forte na decisão da medalha, Léo terminou na sexta colocação com o tempo de 1min55s19,  mas o sentimento foi de missão cumprida.

“Busquei entregar meu melhor nessa minha terceira edição dos Jogos Olímpicos. Sempre busquei a final olímpica. Classifiquei na raia 5, o sonho da medalha olímpica ficou mais próximo, deixei tudo na agua, sou sexto do mundo e saio daqui satisfeito de cabeça erguida. Saio como vitorioso dos meus objetivos pessoais e sabendo que ainda podemos entregar mais e fazer melhor”, disse Léo de Deus, um dos experientes da equipe de natação aqui nos Jogos.

Para o revezamento 4x200m livre, composto por Fernando Scheffer, Murilo Sartori, Breno Correio e Luiz Altamir, a missão era difícil mas a jovem equipe brasileira saiu confiante que ainda tem muito a melhorar no futuro. O time terminou em oitavo, com 7min08s22.

“A gente é muito competitivo e sempre vai sonhar com o nosso máximo mas temos um pé no chão e sabemos que temos que avançar um passo de cada vez. Somos uma equipe muito nova e temos muito a evoluir ainda. Nossos Jogos Olímpicos acabaram mas tem muito coisa pela frente ainda, um passo de cada vez porque temos muito para melhorar”, disse Fernando Scheffer, que conquistou a medalha de bronze nos 200m livre no dia anterior.

As provas de natação terminam no dia 30 de Julho, com Bruno Fratus e Etiene Medeiros nos 50m livre, Guilherme Costa nos 1.500m e o revezamento 4x100m medley misto.

Outras notícias + Lista completa