Carregando...
Jogos Escolares

Com 12 pódios, ciclista Julia Constantino encerra sua participação nos Jogos Escolares da Juventude

Até o fim do ano, a paranaense de 17 anos vai conciliar o esporte com o vestibular de educação física


Compartilhe
Com 12 pódios, ciclista Julia Constantino encerra sua participação nos Jogos Escolares da Juventude
Ana Patricia/Inovafoto/COB

Um ano após conquistar as três medalhas de ouro na edição 2018 dos Jogos Escolares da Juventude, a paranaense Julia Maria Constantino voltou a subir no pódio da maior competição escolar do país. A aluna do Colégio Olimpus, de Arapongas (PR), foi ouro na prova de velocidade e de resistência, além da prata na corrida por pontos, no circuito armado em frente à Vila Germânica.

“Chega a cair lágrimas. Estou aproveitando ao máximo esse que é o meu último ano nos Jogos Escolares da Juventude. Desde João Pessoa 2016 participo desse evento que faz parte da minha vida e conquistei a minha 12ª medalha”.

A atleta de 17 anos agora se prepara para outro desafio: o vestibular na Universidade Estadual de Londrina (UEL). “Esse está sendo um ano muito corrido. Já disputei o campeonato brasileiro de pista, o pan-americano júnior, em Jalisco (México) e ainda tem o vestibular. Passei na primeira fase no curso de educação física, mas saindo de Blumenau vou intensificar os estudos”.

Filha de Edinéia e Luiz Antônio, Julia encerra a sua carreira nos Jogos Escolares, mas a família Constantino deve ter outra representante em breve na maior competição escolar do país. A irmã caçula, Ana Luiza, é uma apaixonada pelas bikes. “Ela é ruivinha, muito linda e adora pedalar. Quem sabe não teremos outra representante da família na competição”.

A corrida por pontos foi vencida por Julia Leite Braga, do Colégio Educar, de Mogi Guaçu (SP), companheira da xará na seleção brasileira de pista. O bronze foi para Ana Paula Finco Silva, da Escola Estadual Benedito Ferreira Calafiori, de São Sebastião do Paraíso (MG). No ano passado, Ana Paula também subiu ao pódio em todas as provas que disputou.

Ana é treinada por Cadu Polazzo, preparador da seleção brasileira de ciclismo e tem apoio de Rubens Donizete Valeriano, do mountain bike, prata nos Jogos Pan-americanos Rio 2007.

As medalhas no pódio foram entregues pelo Embaixador dos Jogos Escolares da Juventude, Murilo Fischer, que morou 18 anos na Itália e disputou as maiores voltas ciclísticas do mundo, como o Tour de France, o Giro D'Italia e a Vuelta da Espanha.

“Comecei a competir aos 15 anos e gosto de dar valor a competições como os Jogos Escolares porque é nessa hora que a criança pega gosto pelo esporte. No meu tempo, infelizmente, não tinha uma competição desse nível e com atletas de diversos esportes. É uma oportunidade única para a criançada. A troca de experiências, o convívio com atletas de outras modalidades, isso aqui é um mini-Jogos Olímpicos”, diz Murilo, que encerrou a carreira profissional nos Jogos Olímpicos Rio 2016 e atualmente tem uma assessoria esportiva em São Paulo e uma loja de bicicletas.

Os Jogos Escolares da Juventude são uma realização do Comitê Olímpico do Brasil (COB), com o apoio da Prefeitura de Blumenau e do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte).

+ NATAÇÃO: Brasiliense divide o alto do pódio com japonês nos Jogos Escolares da Juventude
+ VÔLEI DE PRAIA: Campeões mundiais escolares são treinados por professor de matemática

Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais