Carregando...
COB

COB lança quarta edição do Almanaque Olímpico com detalhes sobre Paris 2024

Livro escrito pelos jornalistas Armando Freitas e Marcelo Barreto traz detalhes sobre todas as modalidades olímpicas e um histórico das edições dos Jogos

COB lança quarta edição do Almanaque Olímpico com detalhes sobre Paris 2024
Alexandre Loureiro/COB

A festa dos 100 dias para os Jogos Olímpicos de Paris também teve seu momento cultural. Nesta quarta-feira, dia 17, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) lançou a quarta edição do Almanaque Olímpico, livro escrito pelos jornalistas Armando Freitas e Marcelo Barreto. A publicação revista e atualizada traz detalhes sobre todas as modalidades olímpicas e um histórico das edições da maior competição esportiva do mundo desde Atenas 1896 até a próxima Olimpíada, em Paris, de maneira leve e divertida, repleta de curiosidades. 

Baixe aqui a quarta edição do Almanaque Olímpico

“Há mais ou menos um ano e meio a gente começou uma discussão sobre como poderíamos fazer algo para marcar os Jogos Olímpicos de Paris, que vai ficar de legado para as próximas edições olímpicas. E aí veio a ideia de recuperar o Almanaque Olímpico, que é um projeto magnífico iniciado em 2008. Agora o Almanaque Olímpico volta a ser publicado para alegria de todos os apaixonados pela história da maior competição esportiva do mundo”, afirmou Paulo Conde, diretor de Comunicação do COB.

“Aos grandes ídolos e aos atletas anônimos, protagonistas das grandes e pequenas histórias que fazem a história dos Jogos”. Com essas palavras, os autores sintetizam o conteúdo do livro, que teve sua primeira edição lançada antes dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008. Esta será a primeira vez que o COB assume inteiramente a publicação, que começa contando a história de cada edição olímpica. 

“É um prazer estar aqui. Uma lembrança muito boa que tenho é de 1975 quando meus pais perceberam que eu gostava de leitura e de esporte e me presentearam com o Almanaque dos Esportes. Tinha regras e resultados de esportes olímpicos. Eu nunca imaginei que um dia eu ia escrever o meu próprio almanaque nessa parceria com um companheiro que a profissão me deu. Escrever esse livro é um desafio muito grande. Queremos que esse livro seja bem educativo, que as pessoas conheçam, se interessam. Mas, também queremos falar para um público especializado. Com grande apoio do COB e das confederações, temos um trabalho bem completo contando a história dos Jogos, as regras dos esportes. É um belo guia para aquecer até os Jogos de Paris”, comentou Marcelo Barreto.