Carregando...
COB

COB anuncia retorno do Programa Vivência Olímpica e programa de embaixadores e padrinhos

Vinte jovens talentos serão levados para a primeira experiência na maior competição multiesportiva do mundo

Kenji Saito, diretor de Desenvolvimento e Ciências do Esporte do COB, apresenta retorno do programa Vivência Olímpica. Foto: William de Lucas/COB

O Comitê Olímpico do Brasil anunciou, nesta terça-feira, 26, a volta do Programa Vivência Olímpica, que proporcionará a 20 jovens atletas brasileiros a primeira experiência na maior competição multiesportiva do mundo. O COB também levará para os Jogos Olímpicos Paris 2024 grandes ídolos do esporte nacional para atuarem como embaixadores e inspirarem a delegação nacional, e padrinhos que engajarão a torcida verde e amarela ao longo do ciclo olímpico. 

O programa Vivência Olímpica teve sua primeira edição em Londres 2012, com 16 atletas, seguido do Rio 2016, representado por 20 talentos, mas foi cancelado para os Jogos de Tóquio em função da pandemia do coronavírus. Agora, o COB levará 20 atletas de até 23 anos para Paris com o objetivo deles vivenciarem de forma antecipada o ambiente olímpico, quebrando o gelo para as futuras edições.  

Para selecionar os atletas, o COB, em conjunto com as Confederações Brasileiras Olímpicas, identificará jovens com histórico de resultados nas categorias de base, em alguns casos já na categoria adulta, e com potencial de evolução até os Jogos Olímpicos Los Angeles 2028 e Brisbane 2032. 

“O Vivência tem o objetivo de minimizar o impacto da primeira participação no maior evento esportivo do mundo, que muitas vezes causa deslumbramento e perda de foco dos atletas”, destacou Kenji Saito, diretor de Desenvolvimento e Ciências do Esporte do COB, ressaltando que grandes atletas tiveram suas primeiras experiências olímpicas através do Vivência e anos depois subiram ao pódio olímpico ou alcançaram destaque internacional. 

Nomes como Rebeca Andrade, Isaquias Queiroz, Thiago Braz, Martine Grael, Bia Ferreira, Felipe Wu, além de Hugo Calderano, Duda e Ana Patrícia e Paulo André passaram pelo programa. A rotina em Paris 2024 incluirá visitas à Vila Olímpica, bases do Time Brasil, locais de treinamento, acompanhamento de competições, além de palestras com embaixadores, atletas e treinadores olímpicos. 

Outra ação anunciada pelo COB foi o programa de embaixadores. Serão selecionados dez atletas olímpicos que fizeram história para estarem presentes junto à delegação brasileira em Paris e inspirarem os atletas do Time Brasil no momento mais importante das carreiras deles.

“Esse é um ciclo olímpico desafiador de apenas três anos, mas o COB realiza um trabalho consistente de organização. Trabalhamos sempre para obter resultados melhores. Estamos pensando em todos os detalhes, olhando para Paris 2024, mas ao mesmo tempo também para Los Angeles 2028. Queremos que a atual geração abra as portas para as futuras”, pontuou o diretor-geral do COB, Rogério Sampaio. 


Outras notícias + Lista completa