Carregando...
Time Brasil

Caio Souza faz bela competição e termina entre os 15 primeiros no individual geral do Mundial de ginástica

Brasileiro chegou ao último aparelho na terceira colocação

Caio Souza faz bela competição e termina entre os 15 primeiros no individual geral do Mundial de ginástica
Filippo Tomasi/CBG

O brasileiro Caio Souza melhorou três posições em relação à sua classificação na fase qualificatória e terminou na 13ª posição no individual geral no Mundial de Kitakyushu. O campeão pan-americano fez apresentações muito boas nas argolas, no salto, nas barras paralelas e na barra fixa, e, mesmo com uma apresentação que deixou a desejar no solo (recebeu a 12ª nota entre os 24 finalistas), chegou ao último rodízio, no cavalo com alças, na 3ª posição, com chance de medalha. No aparelho em que tem mais dificuldades, no entanto, acabou sofrendo uma queda, o que o afastou do pódio.

“Saio mais satisfeito do que no final da qualificação. Consegui melhorar algumas posições. Tive a queda do cavalo. Infelizmente, acontece. Agora é esfriar a cabeça, que domingo tem mais”, disse o ginasta, referindo-se à final das barras paralelas. Caio será o primeiro representante do Brasil numa final de Mundial nesse aparelho em toda a história da competição.

“Sempre foi um sonho meu conseguir disputar uma final nas paralelas, desde 2014, que foi o meu primeiro Mundial. Conseguir essa final já é uma vitória muito grande. Agora é tentar novamente fazer uma final melhor do que a classificação”, acrescentou o atleta.

As boas notas mostram como foi boa a performance de Caio nos quatro primeiros aparelhos. Ele chegou ao cavalo com alças com 82,665, atrás apenas do chinês Boheng Zhang e do japonês Daiki Hashimoto, que terminaram a competição com as medalhas de ouro e prata, respectivamente. No solo, Caio cometeu dois erros, pisando fora da área de solo por duas vezes, o que acarretou um desconto de quatro décimos. No derradeiro aparelho, a queda do cavalo com alças resultou no desconto de um ponto inteiro.

RESULTADOS – INDIVIDUAL GERAL

1º) BOHENG ZHANG (CHI) – 87,981

2º) DAIKI HASHIMOTO (JAP) – 87,964

3º) ILLIA KOVTUN (UCR) – 84,899

13º) CAIO SOUZA (BRA) – 82,665

 Fonte: CBG

Outras notícias + Lista completa