Carregando...
Rosário 2022

Brasil vence a Argentina e conquista a medalha de ouro no futsal dos Jogos Sul-Americanos da Juventude

Seleção nacional fez 3 a 0 nos argentinos, neste domingo (8) em Rosário (ARG) e conquistou o título da competição com 100% de aproveitamento

Brasil vence a Argentina e conquista a medalha de ouro no futsal dos Jogos Sul-Americanos da Juventude
Beto Noval/COB

A seleção brasileira de futsal Sub-18 é medalha de ouro nos Jogos Sul-Americanos da Juventude. O Brasil derrotou a Argentina por 3 a 0, neste domingo (8), na grande final da competição. Thierry, Léo e Koji assinalaram os gols da Canarinho no Club Provincial, Estádio Salvador Bonilla em Rosário (ARG).

A equipe brasileira leva o título com 100% de aproveitamento. Foram quatro duelos, todos eles com vitória. O Brasil marcou 19 gols e sofreu apenas três durante todo o torneio.

O confronto começou bem intenso e com disputas físicas, como se espera de um clássico. Nos primeiros minutos o jogo foi de chances para ambos. Renan, faltando 19, levou perigo em chute no canto. Já aos 18, Koji defendeu cara a cara a finalização de Becco.

O Brasil conseguiu controlar o ímpeto argentino e começou a comandar a partida. Até que faltando 13 minutos, Pedrinho fez linda jogada individual pelo meio, rolou para esquerda, onde Thierry finalizou para o fundo das redes e abriu o placar.

A Seleção seguiu criando e aos 11, Alex cobrou escanteio rápido, Léo finalizou na entrada da área e acertou o cantinho, aumentando. Aos seis, a Canarinho perdeu Léo, expulso pelo segundo amarelo, e em cobrança de pênalti argentino, Koji fez uma grande defesa. No fim, a Albiceleste buscou pressionar, mas o arqueiro brasileiro apareceu e manteve o placar.

No início da etapa final, o Brasil manteve o ritmo ofensivo. Renan, por pouco, não fez um lindo gol em um chute de chaleira. Com a desvantagem dos dois gols, os argentinos começaram a rondar mais o campo de ataque, enquanto a Seleção se postou bem defensivamente.

A partir da pressão argentina, o goleiro brasileiro se transformou em uma muralha e evitou que qualquer bola fosse às redes. Aos 11, ele pegou um chute cara a cara de Matias. Em novo duelo com o camisa 8, Koji defendeu uma pancada.

A Albiceleste botou o goleiro linha e começou a se lançar ao ataque. Até que quando faltavam dois minutos para o cronômetro zerar, em um lance do arqueiro linha dos mandantes, Koji ficou com a posse, chutou da própria área, com o gol aberto, fez o terceiro, coroou a grande atuação e definiu o placar.

Fonte: CBF

Outras notícias + Lista completa