Carregando...
Lima 2019

Brasil obtém resultado inédito no badminton e se classifica para cinco semifinais

País já garante, no mínimo, cinco medalhas de bronze na modalidade

Brasil obtém resultado inédito no badminton e se classifica para cinco semifinais
Alexandre Loureiro/COB

O badminton é mais uma modalidade em que o Brasil faz história em Lima 2019. Após triatlo, taekwondo e ginástica artística registrarem o melhor resultado de todos os tempos em Jogos Pan-americanos, o badminton tem tudo para seguir o mesmo caminho.

Nesta quarta-feira, 31 de julho, os atletas brasileiros se classificaram para cinco semifinais: dupla feminina (2), dupla masculina, dupla mista e simples masculino. Como o torneio não prevê disputa pelo terceiro lugar, isso significa que o Time Brasil já garantiu, no mínimo, cinco medalhas de bronze. O melhor resultado até hoje foi registrado em Toronto 2015: duas pratas e um bronze.

Um dos destaques da equipe é o atleta olímpico Ygor Coelho, estreante em Pans, que se garantiu entre os quatro melhores do torneio ao derrotar o norte-americano Timothy Lan por 2 sets a 0: 21/16 e 21/6.

“Comecei bem a partida, apesar do nervosismo. Senti que o meu adversário também estava tenso, e o primeiro set foi apertado. Mas no segundo consegui focar na minha tática, fiquei mais confiante e aproveitei a oportunidade para fechar o jogo”, disse Ygor, que enfrenta o canadense Jason Ho-Shue na semifinal. “Será um jogo bem difícil. Vence quem estiver mais forte mentalmente. Espero fazer um bom jogo, apesar das dificuldades”.

Nas duplas masculinas, os irmãos piauienses Fabrício e Francielton Farias venceram Solis/Ramírez (Guatemala) por 2 a 1. Ao lado da também piauiense Jaqueline Lima, Fabrício ainda avançou nas duplas mistas: 2 a 0 sobre Javier/Jiménez (República Dominicana).

Jaqueline, descoberta nos Jogos Escolares e medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018, ainda disputará as semifinais nas duplas femininas. Com a conterrânea Sâmia Lima, elas viraram o jogo contra as peruanas Macias/Nishimura, com direito a 24/22 no set desempate. Ainda nas duplas femininas, Fabiana Silva e Tamires dos Santos, fizeram 2 a 0 sobre Montre/Naranjo (Chile).

A única derrota do dia foi de Fabiana Silva, na chave feminina. A carioca perdeu para Nikte Sotomayor (Guatemala) por 2 sets a 1.

Veja a programação desta quinta-feira, sempre no horário de Brasília:

11h – Fabiana Silva/Tamires dos Santos x Tsai/Honderich (Canadá)
13h15 – Fabrício/Francielton Farias x Chew/Nguyen-Chew (EUA)
19h – Ygor Coelho x Jason Ho-Shue (Canadá)
19h45 – Jaqueline Lima/Sâmia Lima x Chen/Hsu (EUA)
22h – Jaqueline Lima/Fabrício Farias x Wu/Hurlburt-Yu (Canadá)

Outras notícias + Lista completa