Carregando...
COB

Área de Educação e Prevenção ao Doping do COB promove webinar em parceria com a ABCD

Evento reuniu cerca de 250 participantes entre atletas, gestores, técnicos e equipes multidisciplinares

Área de Educação e Prevenção ao Doping do COB promove webinar em parceria com a ABCD

Com a proximidade dos Jogos de Paris 2024, a área de Educação e Prevenção ao Doping do Comitê Olímpico do Brasil (COB) realizou, nesta quinta-feira, 8, o primeiro webinar com o tema: “Paris 2024: Orientação aos atletas e pessoal de apoio sobre prevenção ao doping”. O encontro, que aconteceu em parceria com a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), reuniu cerca de 250 participantes. 

A iniciativa teve como objetivo difundir conhecimento, valores e dirimir quaisquer tipos de dúvidas que possam existir sobre como evitar o doping, principalmente para os atletas, gestores, treinadores, equipes multidisciplinares e pessoal de apoio. O diretor-geral do COB, Rogério Sampaio, abriu o evento.

“Temos um objetivo muito próximo que são os Jogos Olímpicos de Paris e é importante que todos tenham bastante atenção, para que não haja nenhum prejuízo em relação à participação do Brasil. Não tenho dúvidas de que essas informações repassadas são importantes não só para os Jogos, mas para carreira do atleta e demais profissionais envolvidos. Torço também para que vocês sejam transmissores de todo esse conhecimento”, afirmou Rogério Sampaio. 

O coordenador técnico-científico do COB, André Siqueira, ao lado da presidente da ABCD, Adriana Taboza, falaram sobre as responsabilidades, direitos e deveres dos atletas, bem como as consequências em relação às regras antidopagens.

Também foi abordado como é o processo de controle de doping, preenchimento de whereabouts (sistema no qual o atleta insere suas informações de localização), solicitação de AUT (Autorização de Uso Terapêutico), atletas no Grupo Alvo de Testes e vulnerabilidade do atleta. 

“A educação antidopagem é continuada. O atleta precisa ser protegido e cuidado, mas também deve estar atento ao que consome e às regras. O esporte de alto rendimento é o detalhe e qualquer detalhe faz a diferença, que deve ser adquirido na preparação física, mental e técnica, por exemplo. Além disso, o esporte tem valores e eles devem ser mantidos na rotina do atleta”, disse André Siqueira. 

“Esse bate-papo trouxe algumas informações que obviamente já faziam parte do dia a dia de muitos participantes. Mas a ideia do encontro foi a de compreender melhor o porquê do processo de controle de doping. Para proteger o atleta que joga limpo, precisamos ter atenção máxima e ampliarmos o escopo da iniciativa educacional”, compartilhou Adriana Taboza. 

Ao final do webinar, que abriu para perguntas dos participantes, o diretor de Desenvolvimento e Ciências do Esporte do COB, Kenji Saito, agradeceu a presença de todos e reforçou o papel da entidade no combate ao doping. 

“Acredito que todas as informações passadas foram extremamente relevantes e enriquecedoras para que os participantes não só assimilem e procurem cada vez mais conhecimento, mas também consigam transmitir o que aprenderam a toda comunidade esportiva. Estamos à disposição para auxiliar e disponibilizar sempre as informações mais atualizadas sobre o tema, visando o bem do esporte olímpico e do jogo limpo”, finalizou Kenji Saito.

Outras notícias + Lista completa