Carregando...
Time Brasil

Após bronze no circuito mundial, Ágatha e Duda disputam 8 ° etapa nacional de vôlei de praia

Dupla busca manter sequência de ouros, e Andressa e Vitória tentam continuar com bom momento


Compartilhe
Após bronze no circuito mundial, Ágatha e Duda disputam 8 ° etapa nacional de vôlei de praia
Ana Patrícia/CBV

O Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia está de volta nesta semana. Entre os dias 18 e 21 de maço, será disputado o torneio feminino da oitava etapa Open da temporada 20/21, mais uma vez o Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). Líder do ranking, a dupla olímpica Ágatha/Duda (PR/SE) chega com a motivação renovada, depois de subir ao pódio no Katara Beach Volleyball Cup, em Doha (QAT), etapa quatro estrelas do Circuito Mundial de Vôlei de Praia 2021, na última sexta-feira (12.03).

Com cinco ouros na temporada 20/21 do Circuito Brasileiro, quatro deles consecutivos, Ágatha e Duda somam 2720 pontos na competição, contra 2360 da outra dupla olímpica brasileira, Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), que ocupa o segundo lugar. Em Doha, elas ficaram com a medalha de bronze.

“Com certeza a gente está bem focada nesse torneio. Se a gente vai para o Circuito Mundial, a gente foca no Circuito Mundial. Se vai para o Circuito Brasileiro, foca no Circuito Brasileiro, porque a gente adora o processo, gosta muito de viver o que está acontecendo, em vez de pensar lá na frente. Isso é muito importante para a cabeça e também para conseguir fazer nosso melhor em cada competição. Sempre motiva o Circuito Mundial, mas agora é o Circuito Brasileiro, a gente tem que fazer nosso melhor, tentar buscar o nosso máximo e fazer o que a gente vem treinando”, afirmou Duda.

Quem também tenta manter o bom ritmo no Circuito Brasileiro é Andressa/Vitória (PB/RJ). A dupla, que ainda não tinha disputado uma semifinal junta até o início deste ano, ficou entre as quatro melhores nas duas etapas de 2021 e está na terceira colocação da temporada, com 1740 pontos.

“O que mais fez diferença foi estar treinando junto com a Vitória em João Pessoa. Os principais times são os que treinam junto, então acho que isso faz toda diferença hoje. O vôlei de praia está evoluindo muito, está um jogo mais rápido, e acredito que essa evolução acontece quando a gente treina junto, porque a gente ganha mais entrosamento, ganha mais confiança. As expectativas para as próximas etapas são boas. A gente não está muito pensando em resultado, só pensa em fazer nosso melhor. Até porque somos uma dupla nova ainda e temos muito o que evoluir, mas acredito que esse é o caminho. Espero estar entre as quatro duplas novamente e já estou ansiosa pela etapa, e grata que ela vai acontecer, em um momento difícil como esse”, destacou Andressa.

Assim como acontece desde a quarta etapa a chave principal terá a presença de 24 duplas divididas em seis grupos com quatro parcerias cada. Serão 16 destas classificadas de forma direta em razão do ranking, e mais oito vindas do qualifying. Todos os jogos serão transmitidos. Os fãs poderão acompanhar cada confronto por meio do site voleidepraiatv.cbv.com.br, na fanpage da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) no Facebook, no aplicativo da CBV, e, a partir das semifinais, no sábado (20.03), exclusivamente nos canais SporTV.

Além das duas duplas olímpicas e de Andressa/Vitória, a lista das 16 parcerias já garantidas na chave principal inclui Bárbara Seixas/Carol Solberg (RJ), Elize Maia/Thâmela (ES), Tainá/Victoria (SE/MS), Talita/Maria Elisa (AL/RJ), Josi/Juliana (SC/CE), Taiana/Hegê (CE), Aline/Neide (SC/AL), Verena/Ângela (CE/DF), Carol Horta/Cacá Richa (CE/RJ), Érica Freitas/Thati (MG/PB), Rosimeire Lima/Andrezza (AL/AM), Val/Vivian (RJ/PA) e Rafaela/Jéssica (PA).

Protocolo de prevenção 

Todos os atletas realizaram um teste inicial para COVID-19 antes da competição. O resultado foi enviado à CBV e, só diante disso, confirmada a inscrição. Um dia antes da estreia na competição, os atletas chegam a Saquarema, respondem a um questionário sobre sintomas, aferem a temperatura, oximetria e realizam novo teste de COVID-19. 

Em caso de mais um resultado negativo, o atleta entra na disputa. A partir do momento em que entra no CDV, o atleta só sai após a eliminação ou no último dia para retorno. O protocolo será exatamente o mesmo com todos os envolvidos: comissões técnicas, arbitragem, fornecedores, colaboradores do CDV, e em todo o staff da CBV. 

CIRCUITO BRASILEIRO OPEN DE VÔLEI DE PRAIA 

8ª Etapa - Temporada 20/21 

Local: Centro de Desenvolvimento de Voleibol, Saquarema (RJ) 

Data: 18 a 21 de janeiro 

Horários: Quinta - 8h30 às 16h; Sexta - 8h às 2h;  

Sábado – 10h às 12h e 19h às 21h; Domingo - 9h às 11h 

Transmissão: voleidepraiatv.cbv.com.br, Facebook da CBV, Aplicativo da CBV e SporTV


Fonte: CBV

Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais