Carregando...
Tóquio 2020

Lucas Verthein vence no Pré-olímpico continental e está classificado para os Jogos de Tóquio

Atleta do single skiff masculino repete bom desempenho das eliminatórias, supera mudança de última hora na programação e comemora a vaga olímpica


Compartilhe
Lucas Verthein vence no Pré-olímpico continental e está classificado para os Jogos de Tóquio
Miriam Jeske/CBR

O Time Brasil tem mais um classificado para os Jogos Olímpicos de Tóquio: Lucas Verthein que assegurou sua vaga nesta sexta-feira, 5, após as finais da Regata de Qualificação Olímpica, na Lagoa Rodrigo de Freitas (Rio de Janeiro). O atleta, de 22 anos, venceu a final e por ter obtido a melhor colocação entre as quatro embarcações brasileiras inscritas na disputa, garantiu seu lugar na delegação nacional, que agora passa a ter 181 atletas

+ Reveja a prova no Canal Olímpico do Brasil

“Eu não tenho palavras para descrever como estou feliz. Eu treinei muito mesmo! Foi algo que meu treinador Paulo Vinicius me ensinou a não desistir. O ano passado foi difícil para mim e para todo mundo e foi complicado treinar. Eu não sabia se estaria aqui ou não. Mas mantive a fé. Quando consegui a vaga para esse pré-olímpico, fiquei muito feliz! O remo é um esporte maravilhoso, o Brasil precisa conhecer mais esse esporte, já tivemos mais cultura de remo. Eu sonhei muito com isso e consegui chegar nesse momento”, destacou o atleta lembrando dos ensinamentos do seu treinador.

“Tivemos a semifinal e eu sabia que tinha que pensar em ser primeiro sempre. Eu tive que buscar a melhor remada possível, relaxar mais, soltar mais a pá e isso me deu a primeira colocação na semifinal. Minha tática para a final foi usar tudo o que eu tinha. Sair forte, pois eu sabia que quando chegasse no final era tudo ou nada. Os remadores do Chile e da Argentina vieram forte e eu tirei tudo o que tinha e acabei me destacando e chegando em primeiro”, respondeu Lucas ao comentarista do Canal Olímpico do Brasil e ex-remador Marcellus Marcilli, medalha de bronze no Pan Rio 2007.

O regulamento da competição previa que a única possibilidade de os países inscritos na Regata de Qualificação classificarem mais de uma embarcação para os Jogos seria em caso de vitória em ao menos duas das quatro provas disputadas (ainda assim, com limite máximo de dois barcos por nação). Como apenas Lucas saiu vitorioso, ele garantiu seu lugar nos Jogos.


+ GALERIA DE FOTOS: Pré-Olímpico de Remo

Por sinal, a classificação para Tóquio 2020 veio com um dia de antecedência. Na noite da última quinta-feira, a programação do evento foi alterada devido a um novo decreto da Prefeitura do Rio de Janeiro para tentar controlar a pandemia da Covid-19. Com isso, as finais do Pré-olímpico, que estavam marcadas para sábado, aconteceram nesta sexta. Veja nota da Confederação Brasileira de Remo

Além de Lucas, o remo brasileiro ainda pode enviar outros atletas aos Jogos de Tóquio. Caso não haja mudanças no calendário estabelecido pela Federação Internacional de Remo (World Rowing), o país disputará o Pré-olímpico Mundial, marcado para os dias 16 a 18 de maio, em Lucerna (Suíça).

Confira os resultados finais do Time Brasil na Regata de Qualificação Olímpica: 

•             Lucas Ferreira - Single Skiff Masculino – 1° lugar na final A – 7 min 24 seg – classificado para os Jogos de Tóquio de 2020

•             Vanessa Cozzi/Isabelle Falck - Double Skiff Peso Leve Feminino - 2° lugar final A – 7 min 34 seg 

•             Evaldo Becker/Emanuel Borges - Double Skiff Peso Leve Masculino – 3° lugar final A– 6 min 40 segundo 

•             Beatriz Cardoso - Single Skiff Feminino – 1° lugar na final B – 8 min 42 seg



Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais