Carregando...
Time Brasil

Atletismo: Thiago Braz leva medalha de bronze na Liga de Diamante em Mônaco

Campeão olímpico do salto com vara teve sua melhor performance do ano, com 5,92 m, para ficar entre os primeiros no estádio Louis II; fez a quinta melhor marca do mundo e assumiu a ponta dos rankings


12/07/2019 18:25:00
Compartilhe
Atletismo: Thiago Braz leva medalha de bronze na Liga de Diamante em Mônaco
Wagner Carmo/CBAt

O campeão olímpico Thiago Braz obteve sua melhor performance de 2019 no salto com vara nesta sexta-feira (12/7), no Herculis Meeting Internacional de Atletismo, na etapa de Monaco da Liga Diamante, realizado no Estádio Louis II. A marca é a quinta melhor do mundo no Ranking da IAAF.

Numa prova de nível técnico elevado,venceu o salto com vara em Mônaco o polonês Piotr Lisek, com 6,02m, seguido pelo sueco Armand Duplants, com 5,92m, mesma marca de Thiago, que assume a ponta do ranking brasileiro e sul-americano (estava em poder de Augusto Dutra que esta ano já saltou 5,75m).

O paulista de Marília Thiago Braz tinha como melhor marca o salto de 5,71 m obtido na etapa de Doha da Liga Diamante, no dia 3 de maio. Sua melhor marca pessoal é 6,03m, recorde olímpico, de 2016.

“O Thiago vinha treinando bem, mas infelizmente a gente não conseguia adaptar as varas aos saltos. Como ele vinha progredindo muito bem fisicamente aqui decidimos pegar varas fortes e ele conseguiu ir para a frente”, analisou o técnico Elson Miranda.

Thiago saltou com varas emprestadas em Estocolmo (SUE) e Lausanne (SUI), por problemas com os voos o seu equipamento não chegou aos meetings. “Esta era a última competição programada antes do Pan. Sabíamos que era um bom lugar para saltar, fazer a prova, ele estava confiante e para nós foi importante pelo resultado, mas porque ele encarou os 6 metros. Fez uma excelente tentativa e quase passou”, disse Elson. “O objetivo era fazer o Thiago ter confiança para poder fazer o seu salto e foi o que aconteceu.” 
Thiago e Elson retornam a Fórmia, na Itália, para os últimos treinamentos antes da disputa dos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru.

Almir Jr. ficou em sétimo no salto triplo em Mônaco, com 16,76 m. Os três primeiros colocados na prova foram Christian Taylor (17,82 m) e Will Clayde (17,75 m), dos Estados Unidos, e Pedro Pablo Pichardo (17,38 m), de Portugal. Almir ainda compete em Sotteville, na França, e na etapa de Londres da Liga Diamante antes de seguir para os Jogos Pan-Americanos de Lima.

Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais