Beatriz Ferreira luta com maestria e conquista ouro na Sérvia

Pugilista participou do Projeto Vivência Olímpica Rio 2016

Divulgação/CBBoxe
02/05/2017 17:32

Em sua primeira viagem internacional do novo ciclo olímpico, o boxe brasileiro mostrou que está focado para Tóquio 2020 ao conquistar cinco medalhas no 55th Belgrado Winner. Além das medalhas de bronze dos atletas olímpicos Joedison Teixeira (64kg) e Juan Nogueira (91kg), o destaque da competição foi Beatriz Ferreira, que integrou o Projeto Vivência Olímpica Rio 2016 e escreveu seu nome na história da competição ao conquistar o ouro na Sérvia.

Foi a primeira vez que a mineira Beatriz Ferreira saiu do Brasil para lutar. Dessa vez, a Europa conheceu um pouco da sua explosão, força e determinação em cima do ringue. A velocidade e técnica da rival, a polonesa Aneta Rygielska, não intimidaram a jovem pugilista na final da categoria leve (60kg). Aneta é a quarta melhor do mundo uma categoria abaixo (57kg) e buscava se destacar entre as atletas da categoria leve.

O 55th Belgrado Winner é uma das etapas preparatórias para o Campeonato Continental masculino e feminino que será realizando em Honduras, no mês de julho. O Continental masculino será classificatório para a mais importante competição de 2017, o Campeonato Mundial Open Boxe de Hamburgo, na Alemanha, previsto para acontecer no final de agosto. A próxima competição internacional do Brasil será o Cheo Aponte, em Porto Rico. A seleção masculina já deve embarcar no próximo final de semana. 

Medalhas do Brasil na Sérvia

Beatriz Ferreira (60kg) – Ouro
Graziele de Jesus (51kg) - Bronze
Joedison Teixeira (64kg) - Bronze
Jhonatan Soares (69kg) - Bronze
Juan Nogueira (91kg) – Bronze

Fonte: CBBoxe

TAGS: