Carregando...
Time Brasil

Em jogo emocionante, seleção masculina de basquete derrota a Grécia e se classifica na Copa do Mundo

Brasil faz 79 a 78, após estar perdendo por 17 pontos de vantagem no segundo quarto


Compartilhe
Em jogo emocionante, seleção masculina de basquete derrota a Grécia e se classifica na Copa do Mundo
Fiba/Divulgação

A torcida era quase toda da Grécia, os holofotes estavam todos voltados para Giannis Antetokounmpo, MVP da última temporada da NBA, mas a terça-feira teve outro dono. Com 22 pontos e nove rebotes, Anderson Varejão roubou a cena e comandou a histórica vitória brasileira sobre a Grécia por 79 a 78 (30 a 40), no Youth Olympics Sports Park, em Nanjing (China).

O pivô não foi o único responsável pelo resultado, que chegou a ser de 17 pontos a favor da Grécia em determinado momento do jogo. Bruno Caboclo, cirúrgico no lance que decidiu a partida, Alex e Rafa Luz, impecáveis defensivamente, além de Marquinhos, eficiente nas bolas de três, também foram decisivos.

Com a vitória, a seleção assume a liderança do Grupo F e assegura um lugar na próxima fase, quando levará os resultados obtidos nas três primeiras partidas. A equipe comandada por Aleksandar Petrovic volta à quadra nesta quinta-feira, às 5h (horário de Brasília), contra Montenegro.

A partida

O jogo começou pegado, e Antetokounmpo não demorou para perceber que não teria moleza no garrafão brasileiro. O problema é que o ataque da seleção errava demais. As defesas levavam a melhor no jogo, e a Grécia venceu o primeiro quarto por 19 a 15.

Com um quinteto modificado para o segundo quarto, o Brasil voltou mais ligado, só que Printezis estava com a mão quente. Vindo do banco, o camisa 15 anotou duas bolas de três seguidas, um lance livre de bonificação e fez a diferença chegar a sete. Enquanto as bolas de três da Grécia continuavam caindo, o ataque brasileiro sofreu uma pane, e a vantagem aumentou para 17 pontos. Petrovic mudou de novo e pôs Rafa Luz de volta. E foi justamente o armador que mexeu no placar para o Brasil depois de muito tempo. Os times foram para o intervalo com um placar de 40 a 30 para os gregos.

A seleção voltou arrasadora do vestiário e, com uma marcação agressiva, rapidamente diminui a desvantagem. A defesa brasileira anulava o ataque grego, enquanto Varejão atormentava no ataque. Ao fim do terceiro quarto, vantagem brasileira de três pontos

Até então sumido no jogo, Leandrinho apareceu no último quarto e ajudou o Brasil a vencer mais uma na Copa do Mundo. O jogo foi emocionante no final. Apesar de ter três pontos de vantagem até os dois segundos finais, uma falta de Didi rendeu três lances livros aos gregos, que poderiam empatar e levar o jogo à prorrogação. Só que Sloukas desperdiçou o terceiro lance livre, seguido por um tapinha salvador de Caboclo.

“Que vitória difícil. Acredito que ninguém no ginásio acreditava que a gente pudesse ganhar, e até muita gente no Brasil. Mas o basquete é decidido dentro de quadra. Hoje mostramos a força do nosso grupo, um jogando pelo outro. Sabíamos do potencial da Grécia, mas fomos pra cima e conseguimos a vitória. Agora é manter o foco contra Montenegro para chegarmos fortes na próxima fase”, destacou Anderson Varejão, cestinha brasileiro com 22 pontos.

O ala Marquinhos, autor de 15 pontos, também analisou a partida e falou sobre o mau momento da Seleção no segundo quarto.

“Isso se deveu à qualidade da Grécia e também a um pouco de insegurança nossa. Depois que colocamos a cabeça no lugar, respirarmos e a rotação encaixou, conseguimos atacar os pontos fracos deles e tivemos uma eficiência muito grande. O Petrovic é um cara muito positivo. No intervalo, ele falou: ‘vamos entrar no jogo em três minutos”. E não demorou nem isso.

Fonte: CBB

Outras notícias + Lista completa
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais