Carregando...
Time Brasil

Caio Bonfim tem início de ano promissor e mira chegar no ápice em Paris 2024

Atleta da Marcha Atlética quebrou recorde brasileiro, foi campeão sul-americano e estabeleceu caminho de provas importantes até os Jogos Olímpicos


O brasileiro Caio Bonfim tem muito do que se orgulhar neste início de temporada em ano olímpico. Atleta da marcha atlética, Caio começou 2024 com marcas expressivas que comprovam a evolução dele nesta difícil prova do atletismo e o credenciam a brigar por medalha nos Jogos Olímpicos Paris 2024. O início de ano foi promissor, com títulos e tempos importantes, mas ele já avisou que segue um processo: é um caminho de foco e preparação para o grande objetivo da temporada, os Jogos Parisienses.

Caio terminou o ano de 2023 com a única medalha do atletismo brasileiro na última edição do Mundial da modalidade, disputado em Budapeste, na Hungria. O bronze nos 20 km da marcha só reforçou mais uma vez que o nível de competitividade do brasiliense aumentou e se manteve entre os melhores do mundo. O ano virou e Caio Bonfim já iniciou a temporada com mais surpresas: foi bronze na etapa chinesa do Circuito Mundial de Marcha e estabeleceu novo recorde brasileiro, com o expressivo tempo de 1h17min44s. 

“Essa prova da China não estava no meu calendário, mas achamos que seria uma boa oportunidade pelo clima e nível competitivo. Cheguei lá e fiz o recorde brasileiro, algo que tinha sido até então o grande marco em 2023. Depois veio o Sul-americano, com clima parecido com o de Paris, e fui bem, saí campeão. Nesse ciclo olímpico mais curto, cada prova é um degrau que a gente vai subindo e temos que continuar nesse caminho pros desafios que virão”, analisou Caio. 

Os próximos passos de Caio Bonfim – ou degraus, como ele mesmo chama – são em provas do Circuito Mundial de Marcha na Europa entre os meses de abril e maio. Além disso, ele se prepara para o Mundial de Marcha Atlética por equipes, em Antalya, Turquia, em abril, que vale vaga para o Brasil na nova prova olímpica da marca, o revezamento misto. Em seguida, Caio vai se preparar em aclimatação de altitude já visando chegar no ápice da forma física para brigar por uma medalha nos Jogos Olímpicos Paris 2024. 

“Estou indo para minha quarta Olimpíada e levando minha bagagem de entender o que são os Jogos Olímpicos, o que eles demandam. Quero chegar lá em forma, passar a linha de chegada, olhar para traz e dizer que entreguei tudo o que eu podia”, pontuou. 


Caio Bonfim treina em Sobradinho, no Distrito Federal. (Foto: Marina Ziehe/COB)

Outras notícias + Lista completa