Carregando...

Pentatlo Moderno

História

As raízes do pentatlo moderno estão no pentatlo antigo, um dos primeiros esportes a integrar o quadro de modalidades disputadas nos Jogos Olímpicos da Antiguidade, em 708 a.C.

De acordo com registros históricos, a inserção do pentatlo nos Jogos foi uma reivindicação dos espartanos, povo guerreiro e de grande tradição militar. Eles se queixavam que as modalidades eram muito voltadas para a competição entre civis.

Provavelmente impulsionada pelo aspecto guerreiro do pentatlo, em pouco tempo a modalidade tornou-se a competição entre os melhores e mais completos atletas. E ocupava uma posição de grande destaque nos Jogos Olímpicos, representando até mesmo seu clímax: o vencedor recebia a mais alta recompensa e o título de Victor Ludorum - “O Vencedor dos Jogos” ou “O Campeão”.

O pentatlo entrou na agenda olímpica dos Jogos da Era Moderna em Estocolmo 1912 pelas mãos do barão Pierre de Coubertin. Depois de algumas adaptações, foi criado o pentatlo moderno praticado até hoje, composto por provas de esgrima, natação, hipismo, tiro e corrida. A palavra “moderno” foi acrescentada ao nome da modalidade justamente para diferenciá-la da sua primeira versão.

Curiosidades

- O primeiro campeão olímpico não-militar do pentatlo moderno foi o carpinteiro sueco Lars Hall, nos Jogos Olímpicos Helsinque 1952;
- Quase um século depois de sua inclusão nos Jogos, a modalidade, sempre restrita aos homens, passou a contar também com as disputas femininas. Em Sydney 2000, 36 mulheres disputaram um lugar no pódio;
- O ator Dolph Lundgren, o boxeador Ivan Drago, arquirrival de Rocky Balboa no filme “Rocky IV” foi coordenador da equipe norte-americana de pentatlo moderno em Atlanta 1996.

Outros esportes