Carregando...

Tóquio 2020

23/07 a 08/08
|
Jogos Olímpicos de Verão
  • 206 Países
  • 33 Modalidades
  • 339 Provas
  • 11417 Atletas

Participação do Brasil

Atletas: 301 (161 homens e 140 mulheres)
Medalhas: 21 (7 ouros, 6 pratas e 8 bronzes)
Modalidades: 35 (atletismo, badminton, boxe, canoagem slalom, canoagem velocidade, ciclismo BMX, ciclismo MTB, esgrima, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, hipismo adestramento, hipismo CCE, hipismo saltos, judô, levantamento de pesos, maratonas aquáticas, natação, pentatlo moderno, remo, rugby, saltos ornamentais, skate, surfe, taekwondo, tênis, tênis de mesa, tiro com arco, tiro esportivo, triatlo, vela, vôlei, vôlei de praia e wrestling. 
Porta bandeira na Cerimônia de Abertura: Ketleyn Quadros (judô) e Bruninho (vôlei)

O Brasil estabeleceu diversos recordes em Tóquio. Foram 21 medalhas, o maior número de ouros em uma edição olímpica (7), igualando os Jogos Rio 2016, e pódios em 13 modalidades. Foi a melhor participação do país nos Jogos Olímpicos até então, terminando em 12° lugar no quadro geral. 

Um dos trunfos desta campanha foi o desempenho feminino. Pela primeira vez, as brasileiras conquistaram três ouros em uma edição e totalizaram nove pódios (foram ainda 4 pratas e 2 bronzes). Ao todo, as mulheres ganharam 42,3% das medalhas do país, superando os 41,2% de Pequim 2008 (2 ouros, 1 prata e 4 bronzes).

Na estreia do skate nos Jogos, o Brasil levou três pratas, com Kelvin Hoefer, Pedro Barros e Rayssa Leal. Na primeira disputa do surfe, Ítalo Ferreira conquistou a medalha de ouro. Rebeca Andrade ganhou ouro (salto) e prata (individual geral), feito inédito na ginástica artística. Laura Pigossi e Luisa Stefani chegaram ao inédito bronze nas duplas do tênis. Martine Grael e Kahena sagraram-se bicampeãs olímpicas na vela.

Quem também deixou o Japão com uma medalha dourada no peito foram Ana Marcela Cunha (maratona aquática), Isaquias Queiroz (canoagem), Hebert Conceição (boxe) e futebol masculino. 


Jogos e pandemia

Os Jogos Tóquio 2020 mostraram a força de superação do esporte e foram realizados em meio à pandemia da COVID-19, cercados por uma série de cuidados para garantir a segurança e a saúde dos participantes e sem a presença de público. 

O evento também foi marcado pela importante discussão sobre a saúde mental dos atletas após a desistência de quatro finais da norte-americana Simone Biles, uma das principais ginastas de todos os tempos.

No salto em altura, o catari Mutaz Barshim e o italiano Gianmarco Tamberi decidiram a prova de uma forma inusitada. Num acordo de cavalheiros, encerraram a final e aceitaram um empate, ambos ficando com o ouro. 

Já a final dos 400m com barreiras, na qual o brasileiro Alison dos Santos conquistou o bronze, foi considerada por muitos a maior da prova em todos os tempos. Os três medalhistas correram abaixo do recorde olímpico de até então. 

Atletas Modalidades Provas Resultado Classificação
Hebert Conceição Boxe Peso médio - 75Kg

Oitavas de final: Hebert Conceição 3 x 2 Erbieke Tuoheta (China)

Quartas de final: Hebert Conceição 3 x 2 Abilkhan Amankul (Cazaquistão)

Semifinal: Hebert Conceição 4 x 1 Gleb Bakshi (Comitê Olímpico Russo)

Final: Hebert Conceição K.O. Oleksandr Khyzhniak (Ucrânia)

1º Lugar
Isaquias Queiroz Canoagem Velocidade C1 - 1.000m

ELIMINATÓRIAS: 3:59.894

SEMIFINAL: 4:05.579

FINAL: 4:04.408 (1° lugar)

1º Lugar
Abner Vinícius Antony Brenno Bruno Fuchs Daniel Alves Diego Carlos Douglas Luiz Gabriel Menino Bruno Guimarães Guilherme Arana Malcom Matheus Cunha Matheus Henrique Nino Paulinho Richarlison Santos Ricardo Graça Futebol Masculino

FASE DE GRUPOS

BRASIL 4 X 2 ALEMANHA

BRASIL 0 X 0 COSTA DO MARFIM

BRASIL 3 X ARÁBIA SAUDITA 


QUARTAS DE FINAL: BRASIL 1 X 0 EGITO

SEMINIFNAL : BRASIL 0 (4) X 0 (1) MÉXICO (PARTIDA DECIDIDA NOS PÊNALTIS)

FINAL: BRASIL 2 X 1 ESPANHA

1º Lugar
Rebeca Andrade Ginástica Artística Salto - Feminino

Total: 15.083

1º Lugar
Martine Grael Kahena Kunze Vela 49erFX


1º Lugar
Ana Marcela Cunha Águas Abertas 10km - Feminino

Tempo: 1:59:30.8 (1° lugar - medalha de ouro)

1º Lugar
Italo Ferreira Surfe masculino

15.14 pontos (1° lugar)

1º Lugar
Beatriz Ferreira Boxe Peso Leve - 60Kg

Oitavas de final: Beatriz Ferreira 5 x 0 Shih-Yi Wu (Taipei)

Quartas de final: Beatriz Ferreira 5 x 0 Raykhona Kodirova (Uzbequistão)

Semifinal: Beatriz Ferreira 5 x 0 Mira Potkonen (Finlândia)

Final: Kellie Harrington (Irlanda) 5 x 0 Beatriz Ferreira


2º Lugar
Rebeca Andrade Ginástica Artística Individual geral - Feminino

SALTO: 15.300

BARRAS ASSIMÉTRICAS:14.666

TRAVE: 13.666

SOLO: 13.666


TOTAL: 57.298

2º Lugar
Fernanda Garay Natalia Zilio Macris Ana Cristina Ana Beatriz Correa Camila Brait Ana Carolina da Silva Carol Gattaz Gabi Guimarães Roberta Ratzke Rosamaria Vôlei Feminino

Campanha: 7 vitórias e 1 derrota.

Primeira fase: Brasil 3x0 Coreia do Sul

Brasil 3x2 República Dominicana

Brasil 3x0 Japão

Brasil 3x1 Sérvia

Brasil 3x0 Quênia

Quartas de final: Brasil 3x1 Rússia

Semifinal: Brasil 3x0 Coreia do Sul

Final: EUA 3x0 Brasil

2º Lugar
Rayssa Leal Skate Street - Feminino

14.64 pontos (2° lugar)

2º Lugar
Pedro Barros Skate Park - Feminino

86.14 pontos (2° lugar)

2º Lugar
Kelvin Hoefler Skate Street - Masculino

36.15 pontos (2° lugar)

2º Lugar
Thiago Braz Atletismo Salto com vara - Masculino

5.87 - Season best

3º Lugar
Alison dos Santos Atletismo 400m c/ barreiras - Masculino

FINAL: 46s72 (3° lugar)

3º Lugar
Abner Teixeira Boxe Peso pesado - 91Kg

Oitavas de final: Abner Teixeira 4 x 1 Cheavon Clarke (Grã-Bretanha)

Quartas de final: Abner Teixeira 4 x 1 Hussein Iashaish (Jordânia)

Semifinal: Julio La Cruz (Cuba) 4 x 1 Abner Teixeira

3º Lugar
Mayra Aguiar Judô Meio-médio - 78Kg

ELIMINATÓRIAS: Mayra Aguiar vence Inbar LANIR (Israel) 

QUARTAS DE FINAL : Anna-Maria WAGNER (Alemanha) vence Mayra Aguiar

REPESCAGEM: Mayra Aguiar VENCE Aleksandra BABINTSEVA (COMITÊ OLÍMPICO DA RÚSSIA)  

DISPUTA PELO BRONZE: MAYRA AGUIAR VENCE Hyunji Yoon (Coreia) (3° lugar)

3º Lugar
Daniel Cargnin Judô Peso meio-leve - 66Kg

Primeira rodada: Daniel Cargnin vence Mohamed Abdelmawgoud (Egito)

Oitavas de final: Daniel Cargnin vence Denis Vieru (Moldávia)

Quartas de final: Daniel Cargnin vence Manuel Lombardo (Itália)

Semifinal: Hifumi Abe (Japão) vence Daniel Cargnin

Disputa pelo bronze: Daniel Cargnin vence Baruch Shmailov (Israel)

3º Lugar
Bruno Fratus Natação 50m livre - Masculino

ELIMINATÓRIAS: 21.67 (4° LUGAR)

SEMIFINAL: 21.60 (3° LUGAR)

FINAL: 21.57 (3° LUGAR)

3º Lugar
Fernando Scheffer Natação 200m livre - Masculino

Eliminatórias: 1:45;05 (2° lugar)

Semifinal: 1:45.71 (8° lugar)

Final: 1:44.66 (3° lugar)

3º Lugar
Luísa Stefani Laura Pigossi Tênis Dupla - Feminino

Primeira rodada: Laura Pigossi/Luísa Stefani 2 x 0 Gabriela Dabrowski/Sharon Fichman (Canadá) - 7/6 e 6/4

Oitavas de final: Laura Pigossi/Luísa Stefani 2 x 1 Karolina Pliskova/Marketa Vondrousova (República Tcheca) - 6/2, 4/6 e 13/11

Quartas de final: Laura Pigossi/Luísa Stefani 2 x 1 Bettanie Mattek-Sands/Jessica Pegula (EUA) - 1/6, 6/3 e 10/6

Semifinal: Belinda Bencic/Viktorija Golubic (Suíça) 2 x 0 Laura Pigossi/Luísa Stefani - 7/5 e 6/3

Disputa pelo bronze: Laura Pigossi/Luísa Stefani 2 x 1 Elena Vesnina/Veronika Kudermetova (Comitê Olímpico Russo) - 4/6, 6/4 e 11/9

3º Lugar