Carregando...

Tóquio 1964

10/10 a 24/10
|
Jogos Olímpicos de Verão
  • 93 Países
  • 25 Modalidades
  • 163 Provas
  • 5151 Atletas

11 modalidades (atletismo, basquete, boxe, futebol, hipismo saltos, judô, natação, pentatlo moderno, polo aquático, vela e vôlei)

Porta-bandeira na Cerimônia de Abertura: Wlamir Marques (basquete)

Na primeira vez em que um país asiático foi sede dos Jogos Olímpicos, o Brasil enviou 68 atletas para Tóquio, com apenas uma mulher: Aída dos Santos. Sozinha, ela não tinha condições de entender as orientações dadas em japonês ou inglês. Mesmo assim, competiu no salto em altura, alcançou 1,74m e ficou em quarto lugar.

O basquete masculino conquistou sua terceira medalha de bronze olímpica. Das nove partidas disputadas, perdeu apenas três. EUA e União Soviética levaram o primeiro e o segundo lugar, respectivamente. O segredo do sucesso brasileiro foi a soma da experiência dos veteranos com a disposição dos novos talentos, em uma seleção formada por nomes como Amaury Passos, Wlamir Marques, Ubiratan, Rosa Branca, Edson Bispo e Edvar Simões.

Nesta edição, dois novos esportes passaram a figurar no programa olímpico e o Brasil estava representado em ambos. No judô, Lhofei Shiozawa disputou a categoria Médio (até 80-kg) e conseguiu o quinto lugar. No vôlei, a equipe que contava com Carlos Arthur Nuzman, atual presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), ficou em sétimo.

Na prova individual de saltos do hipismo, Nelson Pessoa Filho (pai de Rodrigo Pessoa), um dos maiores nomes brasileiros da modalidade, classificou-se na quinta colocação.

Jogos Olímpicos pela primeira vez no Japão

Tóquio recebeu os primeiros Jogos Olímpicos do continente asiático. Grandes investimentos foram feitos para a construção de ginásios e complexos esportivos, além de melhorias no transporte público da cidade. Foi lá que o judô e o vôlei (primeiro esporte coletivo disputado por mulheres) passaram a fazer parte dos Jogos.

A capital do Japão foi palco de feitos memoráveis. Abebe Bikila, da Etiópia, ganhou a maratona e tornou-se o primeiro a vencer os 42.195km em duas edições consecutivas. Detalhe: a façanha ocorreu menos de seis semanas após ter removido o apêndice. A australiana Dawn Fraser conquistou sua terceira medalha de ouro consecutiva nos 100m nado livre e se transformou na primeira nadadora a ganhar um total de oito medalhas (quatro de ouro e quatro de prata) em três edições dos Jogos.

A ginasta russa Larisa Latynina adicionou seis novas medalhas à sua incrível coleção. Em três Jogos Olímpicos ela conquistou nove medalhas de ouro, cinco de prata e quatro de bronze, um total de 18 medalhas. A seleção brasileira masculina de basquete conquistou sua terceira medalha olímpica de bronze.

Modalidades Provas Resultado Classificação
Basquete Masculino

Campanha: 6 vitórias e 3 derrotas

Fase de grupos: Peru 58x50 Brasil 

Brasil 68x64 Iugoslávia 

3º Lugar
Outras participações nos Jogos Olímpicos de Verão Todas participações
Sites olímpicos e paraolímpicos
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais