Carregando...

Santiago 2023

20/10 a 05/11
|
Jogos Pan-Americanos

Participação do Brasil

Atletas: 635 atletas (352 homens e 283 mulheres)
Medalhas: 205 (66 ouros, 73 pratas e 66 bronzes)
Modalidades: atletismo, badminton, basquete, beisebol, boliche, boxe, breaking, canoagem (slalom e velocidade), caratê, ciclismo (BMX, estrada, MTB e pista), escalada esportiva, esgrima, esqui aquático, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, ginástica de trampolim, golfe, handebol, hipismo (adestramento, CCE e saltos), hóquei sobre grama, judô, levantamento de peso, nado artístico, natação, patinação sobre rodas, pelota basca, pentatlo moderno, polo aquático, remo, rugby sevens, saltos ornamentais, surfe, taekwondo, tênis, tênis de mesa, tiro esportivo, tiro com arco, triatlo, vela, vôlei, vôlei de praia e wrestling.

O Time Brasil chegou a Santiago com o objetivo de manter a segunda posição no quadro geral de medalhas obtida quatro anos antes, em Lima. E conseguiu isso com sobras. Ao todo, o país conquistou 205 medalhas, sendo 66 ouros, 73 pratas e 66 bronzes, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

Esses números impressionantes representam um recorde de medalhas e de ouros conquistados na mesma edição. Além disso, os 635 atletas formaram a maior delegação da história para uma missão realizada fora do país. Somando os oficiais do COB, foram mais de mil pessoas em ação em Santiago. 

Outro feito importante, e também apontado como um grande objetivo para o Pan, foi o grande número de classificações conquistadas para os Jogos Olímpicos Paris 2024: o país deixou o Chile com 40 vagas obtidas. 

A estrutura montada pelo COB em Santiago foi do mais alto nível, com o máximo de suporte para os atletas em tudo que foi necessário. O trabalho integrado de diversas áreas proporcionou todo o conforto possível para que as equipes tivessem o melhor desempenho nas provas e disputas. 

Fora das competições o COB também fez história: pela primeira vez a competição foi transmitida ao vivo pelo YouTube do Time Brasil, levando a emoção das conquistas e medalhas dos atletas do país para milhões de brasileiros. 

Um dos maiores destaques da delegação foi Bárbara Domingos, da ginástica rítmica, com três medalhas de ouro e duas de prata. Entre os homens, Guilherme Costa, da natação, saiu com quatro ouros, enquanto o também nadador Guilherme Caribé ganhou três ouros e uma prata.