Carregando...

Roma 1960

25/08 a 11/09
|
Jogos Olímpicos de Verão
  • 83 Países
  • 23 Modalidades
  • 150 Provas
  • 5338 Atletas

Participação do Brasil

Atletas: 81 atletas (80 homens e uma mulher) 
Modalidades: 14 modalidades (atletismo, basquete, boxe, ciclismo pista, futebol, hipismo saltos, levantamento de peso, natação, pentatlo moderno, polo aquático, remo, saltos ornamentais, tiro esportivo e vela) 
Medalhas: 2 bronze
Porta-bandeira na Cerimônia de Abertura: Adhemar Ferreira da Silva (atletismo)

O Brasil participou dos Jogos de Roma com 81 atletas (80 homens e uma mulher). Wanda dos Santos foi a única representante do sexo feminino e competiu no atletismo, na prova de 80m com barreiras.

O basquete masculino, mais uma vez, classificou-se em terceiro lugar, conquistando a segunda medalha de bronze em Jogos Olímpicos. Com seis vitórias em oito jogos, o time só perdeu para os EUA e a União Soviética, primeiro e segundo lugar no torneio, respectivamente. A equipe brasileira era formada por grandes estrelas do basquete da época, como Amaury Antônio Passos, Carmo de Souza (Rosa Branca), Edson Bispo dos Santos, Wlamir Marques e Zenny de Azevedo (Algodão).

Na natação, nos 100m livre, Manuel dos Santos Júnior também conseguiu o bronze. Ele terminou a prova com o tempo de 55s4, contra os 55s2 do australiano John Devit, primeiro lugar e novo recordista olímpico, e do americano Lance Larson, segundo colocado.

Outros bons resultados na Itália: o ciclista brasileiro Anésio Argenton chegou em sexto lugar na prova Contra o Relógio e o velejador Reinald Conrad terminou em quinto na classe finn.

Jogos Olímpicos pela primeira vez na Itália

Os Jogos Olímpicos Roma 1960 foram os primeiros a serem transmitidos pela televisão, ao vivo, para 20 países. Cerca de 200 milhões de pessoas assistiram às competições sem sair de casa. Um dos principais destaques foi a norte-americana Wilma Rudolph, que ganhou o ouro no atletismo (100m, 200m e revezamento 4x100m). Um feito extraordinário.

A capital italiana também testemunhou as vitórias do norte-americano Cassius Clay (na foto acima), que mais tarde seria imortalizado como Muhammad Ali, seu nome muçulmano. O pugilista foi campeão Olímpico na categoria meio-pesado. Outro atleta de destaque foi o etíope Abebe Bikila. Correndo descalço, ele venceu a maratona sob um calor de 40°, com direito a quebra de recorde mundial, e se tornou o primeiro africano campeão Olímpico.

No iatismo, o dinamarquês Paul Elvstrom, da classe Finn, conquistou sua quarta medalha de ouro consecutiva na mesma prova. O húngaro Aladar Gerevich, na esgrima, foi além: conseguiu o sexto ouro seguido no sabre por equipes. Na canoagem, o sueco Gert Fredriksson ganhou a sexta medalha de ouro. O Brasil conquistou duas medalhas de bronze: uma na natação, outra no basquete.

Atletas Modalidades Provas Resultado Classificação
Amaury Pasos Sucar Mosquito Rosa Branca Édson Bispo Fernando Brobró Jatyr Schall Moysés Blás Waldemar Blatkauskas Waldyr Boccardo Wlamir Marques Algodão Basquete Masculino

Campanha: 6 vitórias e 2 derrotas

Fase de grupos: Brasil 75x72 Porto Rico 

Brasil 58x54 União Soviética

Brasil 80x72 México

Fase de grupos - semifinal: Brasil 78x75 Itália

Brasil 77x68 Polônia 

Brasil 85x78 Tchecoslováquia 

Fase de grupos - final: 

União Soviética 64x62 Brasil 

EUA 90x63 Brasil

* vitória sobre a Itália, na fase de grupos - semifinal, acabou rendendo o bronze ao Brasil.

3º Lugar
Manoel dos Santos Natação 100m - Masculino

55s4

3º Lugar
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais