Carregando...

Montreal 1976

17/07 a 01/08
|
Jogos Olímpicos de Verão
  • 92 Países
  • 27 Modalidades
  • 198 Provas
  • 6084 Atletas

12 modalidades (atletismo, boxe, esgrima, futebol, judô, levantamento de peso, natação, remo, saltos ornamentais, tiro esportivo, vela e vôlei)

Porta-bandeira na Cerimônia de Abertura: João do Pulo (atletismo)

A delegação brasileira chegou a Montreal com 93 atletas (86 homens e sete mulheres) e conseguiu duas medalhas de bronze: uma no atletismo, outra na vela. A primeira delas veio com João Carlos de Oliveira, o João do Pulo, no salto triplo. A segunda foi conquistada pela dupla de velejadores Reinaldo Conrad e Peter Ficker, na classe flying dutchmann.

Recordista mundial em 1975 com a marca de 17,89m, João do Pulo garantiu a classificação na sua série ao saltar 16,81m. Na final, alcançou 16,90m. Considerado um dos maiores nomes do atletismo brasileiro, ele ainda conquistou o quarto lugar no salto em distância. Nos 200m rasos, Ruy da Silva ficou na quinta colocação. Nas piscinas, o nadador Djan Madruga conseguiu o quarto lugar em duas provas diferentes: nos 400m livre e nos 1.500m livre.

O país então tricampeão do mundo no futebol respeitou as regras de só inscrever jogadores amadores e ficou na quarta posição. Os times que faziam parte do bloco socialista - União Soviética, Alemanha Oriental e Polônia - levavam vantagem em relação às equipes das outras nações, pois a prática esportiva era mantida pelo Estado e seus atletas não eram considerados profissionais.

Jogos Olímpicos pela primeira vez no Canadá

Os Jogos Olímpicos de Montreal tiveram a romena Nadia Comaneci como grande estrela. Com apenas 14 anos, a atleta encantou o mundo e garantiu a primeira nota "10" da história da ginástica artística. Ela ainda conquistou mais seis notas máximas e terminou os Jogos com três medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze.

A ginástica masculina também contou com um grande destaque: o japonês Shun Fujimoto. Seu país disputava acirradamente o título por equipes com a União Soviética, quando ele quebrou a perna durante a apresentação no solo. Fujimoto escondeu a gravidade da lesão, partiu para o exercício das argolas e recebeu a nota 9,7, que foi fundamental para a conquista do ouro.

O italiano Klaus Dibiasi, nos saltos ornamentais, e o soviético Viktor Saneyev, no salto triplo, ganharam o terceiro ouro consecutivo. Foi também no salto triplo que João Carlos de Oliveira, o João do Pulo, conquistou uma das duas medalhas de bronze do Brasil - a outra foi na vela. Em Montreal, as mulheres passaram a disputar as competições de basquete, handebol e remo.

Modalidades Provas Resultado Classificação
Atletismo Salto triplo - Masculino

16,90m

3º Lugar
Vela Flying Dutchman

52.1 pontos perdidos

3º Lugar
Outras participações nos Jogos Olímpicos de Verão Todas participações
Sites olímpicos e paraolímpicos
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais