Carregando...

Montreal 1976

17/07 a 01/08
|
Jogos Olímpicos de Verão
  • 92 Países
  • 27 Modalidades
  • 198 Provas
  • 6084 Atletas

12 modalidades (atletismo, boxe, esgrima, futebol, judô, levantamento de peso, natação, remo, saltos ornamentais, tiro esportivo, vela e vôlei)

Porta-bandeira na Cerimônia de Abertura: João do Pulo (atletismo)

A delegação brasileira chegou a Montreal com 93 atletas (86 homens e sete mulheres) e conseguiu duas medalhas de bronze: uma no atletismo, outra na vela. A primeira delas veio com João Carlos de Oliveira, o João do Pulo, no salto triplo. A segunda foi conquistada pela dupla de velejadores Reinaldo Conrad e Peter Ficker, na classe flying dutchmann.

Recordista mundial em 1975 com a marca de 17,89m, João do Pulo garantiu a classificação na sua série ao saltar 16,81m. Na final, alcançou 16,90m. Considerado um dos maiores nomes do atletismo brasileiro, ele ainda conquistou o quarto lugar no salto em distância. Nos 200m rasos, Ruy da Silva ficou na quinta colocação. Nas piscinas, o nadador Djan Madruga conseguiu o quarto lugar em duas provas diferentes: nos 400m livre e nos 1.500m livre.

O país então tricampeão do mundo no futebol respeitou as regras de só inscrever jogadores amadores e ficou na quarta posição. Os times que faziam parte do bloco socialista - União Soviética, Alemanha Oriental e Polônia - levavam vantagem em relação às equipes das outras nações, pois a prática esportiva era mantida pelo Estado e seus atletas não eram considerados profissionais.

Jogos Olímpicos pela primeira vez no Canadá

Os Jogos Olímpicos de Montreal tiveram a romena Nadia Comaneci como grande estrela. Com apenas 14 anos, a atleta encantou o mundo e garantiu a primeira nota "10" da história da ginástica artística. Ela ainda conquistou mais seis notas máximas e terminou os Jogos com três medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze.

A ginástica masculina também contou com um grande destaque: o japonês Shun Fujimoto. Seu país disputava acirradamente o título por equipes com a União Soviética, quando ele quebrou a perna durante a apresentação no solo. Fujimoto escondeu a gravidade da lesão, partiu para o exercício das argolas e recebeu a nota 9,7, que foi fundamental para a conquista do ouro.

O italiano Klaus Dibiasi, nos saltos ornamentais, e o soviético Viktor Saneyev, no salto triplo, ganharam o terceiro ouro consecutivo. Foi também no salto triplo que João Carlos de Oliveira, o João do Pulo, conquistou uma das duas medalhas de bronze do Brasil - a outra foi na vela. Em Montreal, as mulheres passaram a disputar as competições de basquete, handebol e remo.

Modalidades Provas Resultado Classificação
Atletismo Salto triplo - Masculino

16,90m

3º Lugar
Vela Flying Dutchman

52.1 pontos perdidos

3º Lugar
Outras participações nos Jogos Olímpicos de Verão Todas participações
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais