Carregando...

Melbourne 1956

10/06 a 08/12
|
Jogos Olímpicos de Verão
  • 72 Países
  • 23 Modalidades
  • 151 Provas
  • 3314 Atletas

12 modalidades (atletismo, basquete, boxe, ciclismo pista, hipismo saltos, levantamento de peso, natação, pentatlo moderno, remo, saltos ornamentais, tiro esportivo e vela)

 

Porta-bandeira na Cerimônia de Abertura: Wilson Bombarda (basquete)

Pela primeira vez, os Jogos Olímpicos de Verão foram realizados no hemisfério sul. O Brasil levou uma delegação de 48 atletas (47 homens e uma mulher) para Melbourne, com apenas uma mulher: Mary Dalva Proença competiu nos saltos ornamentais (plataforma) e se classificou em 16º lugar.

Nesta edição, a estrela de Adhemar Ferreira da Silva voltou a brilhar. Um ano antes, durante os Jogos Pan-americanos da Cidade do México, ele havia quebrado o próprio recorde mundial com 16,56m. Em Melbourne, o brasileiro alcançou o recorde olímpico, com 16,35m. Aos 29 anos, ele superou 31 adversários e conquistou a segunda medalha de ouro consecutiva da carreira.

Ainda no atletismo, José Telles da Conceição chegou em sexto lugar na final dos 200m rasos. No ciclismo, sétimo lugar para Anésio Argenton na disputa Contra o Relógio. Severino Moreira, do tiro esportivo, conseguiu a oitava colocação na prova carabina deitado. No boxe, Éder Jofre ficou em quinto na categoria peso-galo.

Jogos Olímpicos pela primeira vez na Austrália

Esta foi a primeira vez que os Jogos Olímpicos foram disputados no hemisfério sul. E tiveram uma peculiaridade: as provas de hipismo não aconteceram em Melbourne, mas em Estocolmo. As severas leis de quarentena da Austrália atrasariam a autorização da entrada de cavalos estrangeiros e a solução encontrada pelos organizadores foi transferir as provas da modalidade para a Suécia, cinco meses antes do início dos Jogos. Em Melbourne, o húngaro Laszlo Papp tornou-se o primeiro boxeador a conquistar três medalhas de ouro (ele havia vencido em Londres e Helsinque). A americana Pat McCormick ganhou duas provas de saltos ornamentais, exatamente como fez quatro anos antes.

Na ginástica, dois atletas dominaram a competição. Do lado masculino, o ucraniano Viktor Chukarin conquistou cinco medalhas, incluindo três de ouro (totalizando 11 na carreira, sete delas de ouro). No feminino, Agnes Keleti, da Hungria, ganhou quatro de ouro e duas de prata, totalizando 10 na carreira. O time americano de basquete liderado por Bill Russel e K.C. Jones impôs a performance mais dominante da história Olímpica. Os americanos marcaram mais que o dobro de pontos que os seus adversários e venceram todos os jogos com pelo menos 30 pontos de vantagem. Pelo Brasil, Adhemar Ferreira da Silva conquistou o bicampeonato Olímpico no salto triplo.

Modalidades Provas Resultado Classificação
Atletismo Salto triplo - Masculino

16,35m

1º Lugar
Outras participações nos Jogos Olímpicos de Verão Todas participações
Sites olímpicos e paraolímpicos
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais