Carregando...

Cidade do México 1955

12/03 a 26/03
|
Jogos Pan-Americanos

Em 1955, os Jogos Pan-americanos foram realizados na Cidade do México. A capital mexicana já era uma cidade grande na época, com uma população de mais de três milhões e meio de habitantes, e a competição entusiasmou os torcedores, que encheram ginásios e estádios.

Os Jogos de 1955 marcaram a estreia de duas modalidades no programa: natação sincronizada e vôlei. Os Estados Unidos conquistaram quatro das cinco medalhas de ouro em disputa nesses esportes.

Ao contrário do que aconteceu em 1951, os EUA não tiveram problemas para mandar sua delegação aos Jogos. Tanto que, desta vez, o país foi representado por mais de 300 atletas e só não competiu em uma modalidade, o futebol. O único país que competiu em todas as modalidades foi o México.

Mas ninguém aproveitou mais os Jogos da Cidade do México que os competidores do atletismo. No ar rarefeito pela altitude de 2.235m, houve 23 quebras de recordes pan-americanos e o estabelecimento de duas novas marcas mundiais. No salto triplo, o então campeão olímpico dos Jogos de Helsinque Adhemar Ferreira da Silva, do Brasil, saltou 16,56m, quebrando o recorde que pertencia ao soviético Leonid Shcherbakov. E nos 400m rasos, o americano Louis W. Jones marcou o tempo de 45s4, batendo a marca do jamaicano George V. Rhoden.

Dentre os 135 atletas da delegação brasileira participando em 12 esportes (atletismo, basquete, boxe, ciclismo, esgrima, ginástica, levantamento de peso, esportes aquáticos - natação, polo aquático e saltos ornamentais -, pentatlo moderno, tênis, tiro esportivo e vôlei), mais um além de Adhemar Ferreira da Silva subiu ao topo do pódio. O pugilista Luiz Ignacio conquistou o primeiro ouro pan-americano do Brasil no boxe, derrotando o mexicano Lorenzo Valles por nocaute e o argentino Abelo Mar Escalante.

Na disputa masculina do basquete, o saldo de pontos tirou do Brasil as medalhas de ouro e prata. Além dos brasileiros, EUA e Argentina terminaram o torneio empatados em primeiro, com quatro vitórias e uma derrota cada (o Brasil só perdeu para o time americano). No desempate, os EUA ficaram em primeiro e os argentinos, em segundo.

Ao lado de Ingrid Charlotte Metzner, a tenista Maria Esther Bueno ganhou a medalha de bronze nas duplas femininas, mas foi uma das sensações brasileiras. Em 1958, ela conquistaria seu primeiro título de duplas em Wimbledon e, um ano depois, o primeiro troféu de simples no tradicional torneio inglês.

Países: Argentina, Antilhas Holandesas, Bahamas, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Estados Unidos, Guatemala, Jamaica, México, Panamá, Paraguai, Porto Rico, República Dominicana, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela.

Esportes: Atletismo, basquete, beisebol, boxe, ciclismo, esgrima, esportes aquáticos (natação, saltos ornamentais, natação sincronizada, polo aquático), futebol, ginástica, hipismo, levantamento de peso, lutas, pentatlo moderno, remo, tênis, tiro esportivo e vôlei.

Modalidades estreantes: Natação sincronizada e vôlei

Número de países: 21
Total de atletas: 2.583
Atletas do Brasil: 135 atletas
Número de esportes: 17

Outras participações nos Jogos Pan-Americanos Todas participações
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais