Carregando...

Berlim 1936

01/08 a 16/08
|
Jogos Olímpicos de Verão
  • 49 Países
  • 24 Modalidades
  • 129 Provas
  • 3963 Atletas

Participação do Brasil

Atletas: 94 (88 homens e seis mulheres)
Modalidades: 10  (atletismo, basquete, boxe, ciclismo estrada, esgrima, natação, pentatlo moderno, remo, tiro esportivo e vela)  
Medalhas: 0
Porta-bandeiras: Sylvio de Magalhães Padilha (atletismo)

No atletismo, Sylvio de Magalhães Padilha, que depois presidiria o COB por duas décadas, ficou em quinto lugar nos 400m com barreiras. Nas provas de tiro (carabina individual 50m), José Salvador Trindade também conseguiu a quinta colocação.

Maria Lenk, desta vez, tinha companhia feminina. Além de Sieglind Lenk, sua irmã, Piedade Coutinho, Scylla Venâncio e Helena de Moraes Salles formavam a equipe de natação. Piedade conseguiu o melhor resultado, o quinto lugar na prova dos 400m nado livre - um feito que só seria igualado 68 anos depois, por Joanna Maranhão, nos 400m medley, em Atenas 2004. Hilda von Puttkammer, da esgrima, que competiu no florete individual, completava o grupo de mulheres da delegação.

Quem também participou daqueles Jogos foi Jean Marie Faustin Godefroid Havelange, ou simplesmente João Havelange, que depois desenvolveu carreira de sucesso como dirigente esportivo. Ele foi a Berlim como nadador e competiu nos 1.500 m livre.


O brilho de Jesse Owens

Os Jogos Olímpicos de Berlim marcaram o início do revezamento da tocha olímpica desde Olímpia, na Grécia, até o local das competições. Os Jogos de 1936 também foram os primeiros com transmissão ao vivo: 25 telões foram distribuídos por Berlim para que as pessoas assistissem às provas de graça.

O maior destaque da competição foi o norte-americano Jesse Owens, com ouros nos  100m, 200m, revezamento 4x100m e salto em distância. Sua compatriota Marjorie Gestring se tornou a mais jovem medalhista de ouro individual ao vencer a prova de trampolim aos 13 anos.