Carregando...

Atlanta 1996

19/07 a 04/08
|
Jogos Olímpicos de Verão
  • 197 Países
  • 37 Modalidades
  • 271 Provas
  • 10318 Atletas

21 modalidades (atletismo, basquete, boxe, canoagem, ciclismo estrada, futebol, ginástica artística, handebol, hipismo adestramento, hipismo CCE, hipismo saltos, judô, levantamento de peso, natação, remo, tênis, tênis de mesa, tiro esportivo, vela, vôlei e vôlei de praia)

Porta-bandeira na Cerimônia de Abertura: Joaquim Cruz (atletismo)

Fruto de uma nova filosofia implantada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), o planejamento para a participação brasileira em Atlanta começou a ser colocado em prática 15 meses antes dos Jogos. Os atletas tiveram condições de se preparar dentro e fora do Brasil, tanto em competições internacionais quanto em campos de treinamento mais adequados. Como resultado, foram 15 medalhas: três de ouro, três de prata e nove de bronze - um recorde histórico - e boas classificações em esportes como boxe, tênis e futebol feminino.

O Brasil inscreveu 225 atletas (159 homens e 66 mulheres) para a competição. Na programação, a grande novidade foi a inclusão do vôlei de praia. Aliás, foi nessa modalidade que as mulheres brasileiras conquistaram suas primeiras medalhas olímpicas da história: ouro para Jacqueline Silva e Sandra Pires, prata para Mônica Rodrigues e Adriana Samuel.

Mas as mulheres não pararam por aí. Mais duas equipes femininas subiram ao pódio pela primeira vez em Jogos Olímpicos, coroando trajetórias de grandes vitórias internacionais. Comandado por Hortência, Paula e Janeth, o time feminino de basquete conquistou a medalha de prata. No vôlei, Ana Moser, Ana Paula, Fernanda Venturini, Leila, Virna e companhia conseguiram o bronze.

Do basquete masculino vieram o sexto lugar e a homenagem ao maior cestinha do esporte no Brasil: Oscar Schmidt. Na ocasião, a Federação Internacional decidiu que seu uniforme iria para o "Hall da Fama". Oscar encerrou a carreira com o recorde de 1.093 pontos marcados em cinco edições de Jogos Olímpicos.

Do iatismo, nada menos do que três medalhas. Duas de ouro: uma com Robert Scheidt, na classe laser, outra com a dupla Torben Grael e Marcelo Ferreira, na star. Lars Grael e Kiko Pellicano conseguiram o bronze na categoria tornado.

Na natação, o Brasil teve o seu melhor desempenho coletivo de todos os tempos. Fernando Scherer, o Xuxa, conseguiu o bronze nos 50m nado livre. Gustavo Borges conquistou duas medalhas no estilo livre: bronze nos 100m e prata nos 200m.

Uma boa surpresa em Atlanta foi a nova geração do hipismo brasileiro. Rodrigo Pessoa (filho de Nelson Pessoa, um dos maiores cavaleiros do Brasil), Álvaro Affonso de Miranda Neto, André Johannpeter e Luiz Felipe Azevedo ganharam a medalha de bronze na prova de saltos por equipe.

No futebol, a equipe masculina também conquistou o bronze, com jogadores como Dida, Aldair, Bebeto, Rivaldo, Ronaldo (Fenômeno) e Sávio. No feminino, na estreia em Jogos Olímpicos, o time que contava com Formiga, Pretinha, Sissi e Michael Jackson conseguiu o quarto lugar.

Jogos Olímpicos pela quarta vez nos Estados Unidos

Nos Jogos Olímpicos Atlanta 1996, pela primeira vez na história, todos os países filiados ao Comitê Olímpico Internacional (COI) estavam representados. Além disso, 79 países diferentes conquistaram 53 medalhas de ouro, um recorde.

O maior destaque foi o desempenho do norte-americano Carl Lewis, que se tornou o quarto atleta da história a ganhar nove medalhas de ouro em Jogos Olímpicos. Seu compatriota Michael Johnson (foto acima) tornou-se o primeiro a vencer os 200m e os 400m rasos na mesma edição. Na primeira prova, ele quebrou o recorde mundial e, na segunda, ganhou com a maior vantagem (10 metros) para o segundo colocado nos últimos 100 anos.

No levantamento de peso, o turco Naim Suleymanoglu foi o primeiro a conquistar a três medalhas de ouro seguidas. O Brasil teve ótimo desempenho: 15 medalhas (três de ouro, três de prata e nove de bronze), um recorde histórico, com direito a conquistas inéditas das mulheres.

Modalidades Provas Resultado Classificação
Vela Star

25 pontos perdidos.

1º Lugar
Vela Laser

26 pontos perdidos

1º Lugar
Vôlei de praia Feminino

Campanha: 5 vitórias e nenhuma derrota.

Segunda fase: Jackie/Sandra 1x0 Kaize/Yudhani (Indonésia)

Oitavas de final: Jackie/Sandra 1x0 Fenwick/Spring (Austrália)

Quartas de final: Jackie/Sandra 1x0 Mônica/Adriana

Semifinal: Jackie/Sandra 1x0 Fontana/Hanley (EUA)

Final: Jackie/Sandra 2x0 Mônica/Adriana

1º Lugar
Basquete Feminino

Campanha: 7 vitórias e 1 derrota. 

Primeira fase: Brasil 69x56 Canadá 

Brasil 82x68 Rússia 

Brasil 100x80 Japão 

Brasil 98x83 China 

Brasil 75x73 Itália 

Quartas de final: Brasil 101x69 Cuba 

Semifinal: Brasil 81x60 Ucrânia 

Final: EUA 111x87 Brasil

2º Lugar
Natação 200m livre - Masculino

1m48s08

2º Lugar
Vôlei de praia Feminino

Campanha: 4 vitórias e 2 derrotas.

Segunda fase: Mônica/Adriana 1x0 Solazzi/Turetta (Itália)

Oitavas de final: Mônica/Adriana 1x0 Fontana/Hanley (EUA)

Quartas de final: Jackie/Sandra 1x0 Mônica/Adriana

Repescagem - quartas de final: Mônica/Adriana 1x0 Fujita/Takahashi (Japão)

Semifinal: Mônica/Adriana 1x0 Cook/Pottharst (Austrália)

Final: Jackie/Sandra 2x0 Mônica/Adriana

2º Lugar
Atletismo Revezamento 4x100m - Masculino

38s41

3º Lugar
Futebol Masculino

Campanha: 4 vitórias e 2 derrotas

Primeira fase: Japão 1x0 Brasil 

Brasil 3x1 Hungria 

Brasil 1x0 Nigéria 

Quartas de final: Brasil 4x2 Gana 

Semifinal: Nigéria 4 x 3 Brasil 

Disputa pelo bronze: Brasil 5x0 Portugal

3º Lugar
Hipismo Salto equipe

Penalizações: 17.25

3º Lugar
Judô Meio-pesado - 95Kg

Primeira rodada: Aurélio Miguel vence Alejandro Bender (Argentina)

Oitavas de final: Aurélio Miguel vence Sergey Shakimov (Cazaquistão)

Quartas de final: Aurélio Miguel vence Antonio Felicité (Ilhas Maurício)

Semifinal: Pawel Nastuca (Polônia) vence Aurélio Miguel

Repescagem - disputa pelo bronze: Aurélio Miguel vence Ben Sonnemans (Holanda)

3º Lugar
Judô Meio-leve - 65Kg

Primeira rodada: Henrique Guimarães vence Larbi Benbadaoud (França)

Oitavas de final: Henrique Guimarães vence Sung-hun Lee (Coreia do Sul)

Quartas de final: József Csák (Hungria) vence Henrique Guimarães

Repescagem - quartas de final: Henrique Guimarães vence Duncan MacKinnon (África do Sul)

Repescagem - semifinal: Henrique Guimarães vence Ivan Netov (Bulgária)

Repescagem - disputa pelo bronze: Henrique Guimarães vence Philip Laats (Bélgica)

3º Lugar
Natação 50m livre - Masculino

22s29

3º Lugar
Natação 100m livre - Masculino

49s02

3º Lugar
Vela Tornado

43 pontos perdidos

3º Lugar
Vôlei Feminino

Campanha: 7 vitórias e 1 derrota.

Primeira fase: Brasil 3x0 Peru

Brasil 3x0 Cuba

Brasil 3x0 Rússia 

Brasil 3x0 Canadá 

Brasil 3x1 Alemanha 

Quartas de final: Brasil 3x0 Coréia do Sul 

Semifinal: Cuba 3x2 Brasil 

Disputa pelo bronze: Brasil 3x2 Rússia

3º Lugar
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais