Carregando...

Atenas 2004

13/08 a 29/08
|
Jogos Olímpicos de Verão
  • 201 Países
  • 40 Modalidades
  • 301 Provas
  • 10625 Atletas

26 modalidades (atletismo, basquete, boxe, canoagem, ciclismo estrada, ciclismo mountain bike, esgrima, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, hipismo adestramento, hipismo CCE, hipismo saltos, judô, lutas, natação, nado sincronizado, pentatlo moderno, remo, saltos ornamentais, taekwondo, tênis, tênis de mesa, tiro esportivo, triatlo, vela, vôlei e vôlei de praia)

Porta-bandeira na Cerimônia de Abertura: Torben Grael (vela)

Os Jogos Olímpicos Atenas 2004 foram o cenário ideal para que o esporte brasileiro registrasse o recorde de medalhas de ouro em uma só edição olímpica, além de uma evolução qualitativa em relação às participações anteriores. No total foram dez medalhas, sendo cinco de ouro, duas de prata e três de bronze. Pela primeira vez, o país terminou os Jogos entre os 20 primeiros do quadro de medalhas, ficando em 16º lugar.

A maratona, última prova a ser disputada na competição, gerou imagens inesquecíveis. Vanderlei Cordeiro de Lima ganhou o bronze - mesmo depois de ser atrapalhado por um fanático - e a medalha Barão Pierre de Coubertin de mérito Olímpico, oferecida pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

No judô, o peso leve Leandro Guilheiro manteve a tradição da modalidade nos Jogos e conquistou a primeira medalha do Brasil em Atenas, um bronze. A segunda do esporte nos Jogos, também de bronze, veio com o meio-médio Flávio Canto.

O velejador Robert Scheidt, da classe laser, conquistou o ouro e tornou-se o segundo atleta brasileiro bicampeão olímpico. Ele igualou o feito de Adhemar Ferreira da Silva no salto triplo do atletismo em Helsinque 1952 e Melbourne 1956.

Outros brasileiros também se consagraram como bicampeões olímpicos em Atenas: os velejadores Torben Grael e Marcelo Ferreira repetiram na classe star o ouro de Atlanta, assim como Maurício e Giovane, da seleção de vôlei, que estiveram presentes na conquista de Barcelona. O time comandado por Bernardinho contava com feras como Giba, Ricardinho, Gustavo, Dante e Nalbert.

Torben Grael, aliás, saiu da Grécia como o maior atleta da história olímpica brasileira. Passou a ser o recordista isolado de medalhas, com cinco, e de participações (seis edições dos Jogos). Além disso, tornou-se o iatista com maior número de medalhas Olímpicas em todo o mundo.

O vôlei de praia brasileiro ganhou a sexta e a sétima medalha desde que o esporte estreou nos Jogos, em 1996. No masculino, Ricardo e Emanuel conquistaram o ouro e, no feminino, Adriana Behar e Shelda repetiram o feito de quatro anos antes e ficaram com a prata.

No hipismo, Rodrigo Pessoa, montando Balouber du Rouet, ganhou a medalha de ouro na prova de saltos individual.

Jogos Olímpicos da Era Moderna pela 2ª vez na Grécia

Os primeiros Jogos Olímpicos do novo milênio voltaram a Atenas, seu berço de origem, comemorando a participação recorde de 201 nações. O destaque individual foi o nadador norte-americano Michael Phelps, que ganhou seis medalhas de ouro e duas de bronze, igualando o recorde, até então, do ginasta Aleksandr Dityatin. A alemã Birgit Fischer venceu duas provas na canoagem e passou a ser a primeira em todos os esportes a ganhar duas medalhas por edição em cinco Jogos Olímpicos (oito de ouro e quatro de prata).

Leontien Zijlaard-van Moorsel, da Holanda, tornou-se a primeira ciclista a conquistar quatro ouros na carreira, em um total de seis medalhas (mais uma prata e um bronze). No atletismo masculino, o marroquino Hicham El Guerrouj venceu os 1.500m e 5.000m e, no feminino, a britânica Kelly Holmes chegou à frente nos 800m e 1.500m.

Modalidades Provas Resultado Classificação
Vela Star

42 pontos perdidos

1º Lugar
Vela Laser

55 pontos perdidos

1º Lugar
Vôlei Masculino

Campanha: 7 vitórias e 1 derrota.

Primeira fase: Brasil 3x1 Austrália

Brasil 3x2 Itália 

Brasil 3x1 Holanda

Brasil 3x0 Rússia

EUA 3x1 Brasil

Quartas de final: Brasil 3x0 Polônia

Semifinal: Brasil 3x0 EUA

Final: Brasil 3x1 Itália

1º Lugar
Vôlei de praia Masculino

Campanha: 7 vitórias e nenhuma derrota.

Primeira fase: Ricardo/Emanuel 2x1 Horrem/Maaseide (Noruega)

Ricardo/Emanuel 2x0 Schacht/Slack (Austrália)

Ricardo/Emanuel 2x0 Holdrem/Metzger (EUA)

Oitavas de final: Ricardo/Emanuel 2x1 Kjemperud/Hoidalen (Noruega)

Quartas de final: Ricardo/Emanuel 2x0 Laciga/Laciga (Suíça)

Semifinal: Ricardo/Emanuel 2x0 Kobel/Heuscher (Suíça)

Final: Ricardo/Emanuel 2x0 Bosma/Herrera (Espanha)

1º Lugar
Hipismo Saltos Individual

Penalizações: 8.00

1º Lugar
Futebol Feminino

Campanha: 4 vitórias e 2 derrotas.

Primeira fase: Brasil 1x0 Austrália

EUA 2x0 Brasil

Brasil 7x0 Grécia 

Quartas de final: Brasil 5x0 México 

Semifinal: Brasil 1x0 Suécia 

Final: EUA 2x1 Brasil

2º Lugar
Vôlei de praia Feminino

Campanha: 6 vitórias e 1 derrota.

Fase de grupos: Adriana Behar/Shelda 2x0 Naidoo/Willand (África do Sul)

Adriana Behar/Shelda 2x0 Gattelli/Perrotta (Itália)

Adriana Behar/Shelda 2x0 Fernández/Larrea (Cuba)

Oitavas de final: Adriana Behar/Shelda 2x1 Yanchulova/Yanchulova (Bulgária)

Quartas de final: Adriana Behar/Shelda 2x1 Ana Paula/Sandra

Semifinal: Adriana Behar/Shelda 2x0 Cook/Sanderson (Austrália)

Final: Walh/May (EUA) 2x0 Adriana Behar/Shelda

2º Lugar
Atletismo Maratona - Masculino

2h12m11s

3º Lugar
Judô Peso meio-médio - 81Kg

Primeira rodada: Flávio Canto vence Mario Valles (Colômbia)

Oitavas de final: Flávio Canto vence Aleksei Budolin (Estônia)

Quartas de final: Dmitri Nossov (Rússia) vence Flávio Canto

Repescagem - quartas de final: Flávio Canto vence Roberto Meloni (Itália)

Repescagem - semifinal: Flávio Canto vence Young-woo Kwon (Coreia do Sul)

Repescagem - disputa pelo bronze: Flávio Canto vence Robert Krawczyk (Polônia)

 

3º Lugar
Judô Peso leve - 73Kg

Primeira fase: Leandro Guilheiro vence Kiyoshi Uematsu (Espanha)

Segunda fase: Leandro Guilheiro vence Ernst Laraque (Haiti)

Oitavas de final: Leandro Guilheiro vence Krzysztof Wilkomirski (Polônia)

Quartas de final: Daniel Fernandes (França) vence Leandro Guilheiro

Repescagem - quartas de final: Leandro Guilheiro vence Yoel Razvozov (Israel)

Repescagem - semifinal: Leandro Guilheiro vence David Kevkhishvili (Geórgia)

Repescagem - disputa pelo bronze: Leandro Guilheiro vence Victor Bivol (Moldávia)

3º Lugar
Patrocinadores Olímpicos Mundiais
Patrocinadores Oficiais
Apoiadores Oficiais
Parceiros Oficiais
Fornecedores Oficiais
Recursos das Loterias Federais