Isabel Clark e equipe se mudam para hotel próximo ao local de competição em PyeongChang 2018

Na cara do gol


10/02/2018 04:33

Isabel Clark, responsável pelo melhor resultado brasileiro em Jogos Olímpicos de Inverno, está de mudança. A missão brasileira decidiu, em conjunto com a atleta e sua equipe, trocar a Vila Olímpica de PyeongChang 2018 por um hotel. Assim a snowboarder ficará mais próxima ao seu local de treinamento e competição. Após o treino deste sábado, dia 10, Isabel se transferiu para o hotel ao lado do Phoenix Snow Park. O hotel, que serve de base para a missão brasileira, também hospedará o técnico, a fisioterapeuta e o psicólogo esportivo da atleta.

A missão já vinha utilizando o hotel como base para os profissionais de apoio que não podem dormir na Vila. “A mudança foi consenso, após uma inspeção realizada pela equipe da atleta ao local, que fica ao lado da instalação oficial da prova de snowboard cross. Desta forma, evitamos descolamentos longos para as sessões de treinamento e competição. Temos sempre que pensar em dar condições para que os atletas só pensem em treinar, se recuperar e competir”, afirmou Stefano Arnhold, chefe da missão brasileira em PyeonChang.

Isabel competirá na noite da próxima quinta-feira, dia 15 (no horário de Brasília), manhã do dia 16 no horário coreano. Com a mudança de base, a atleta não precisará gastar cerca de uma hora para ir e voltar da Vila Olímpica para Phoenix. “Gostei muito dessa opção. Em Phoenix estamos ao lado da pista e, sem dúvida, o esforço será menor”, disse a atleta. “O tempo que vou ganhar será utilizado em outras atividades mais proveitosas, como repouso e processo de recuperação dos treinos. Foi uma ótima escolha”, disse a atleta, que disputa sua quarta edição olímpica. 

No treinamento deste sábado, a snowboarder já realizou saltos em uma pista livre, se adaptando às condições de neve em que disputará os Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang 2018. 

Isabel é a responsável pelo melhor resultado do Brasil em Jogos de Inverno, a nona colocação no snowboard cross em Turim 2006. A atleta chega a PyeongChang se recuperando de uma queda sofrida durante a Copa do Mundo de Cervinia, na Itália, no dia 21 de dezembro. “Vai ser ótimo ter a fisioterapeuta mais próximo de mim”, concluiu a atleta.